Cidades

Vereador executado em Primavera foi preso em 2021 por envolvimento na morte de secretário municipal

Em | Da Redação

Atualizado em

Vereador executado em Primavera foi preso em 2021 por envolvimento na morte de secretário municipal
Vereador de Primavera José Carlos dos Santos, conhecido como Irmão Cacá do Sindicato — Foto: Reprodução/Instagram

Vereador de Primavera José Carlos dos Santos, conhecido como Irmão Cacá do Sindicato — Foto: Reprodução/Instagram

O vereador José Carlos dos Santos (PSB), que foi assassinado a tiros em Primavera, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, foi preso em 2021 por envolvimento na morte de um secretário do município. O parlamentar, conhecido como Irmão Cacá do Sindicato, foi executado na sexta-feira (29) e o crime foi filmado por uma câmera de segurança.

Cacá do Sindicato foi preso em julho de 2021, apontado como mandante do assassinato de Maurício Bezerra de Barros Neto, então secretário de Esportes de Primavera. A vítima trabalhava no escritório de uma barreira sanitária contra a Covid-19 quando foi morta, em junho. O caso ainda tramita na Justiça.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Cacá do Sindicato tinha “encomendado” a morte de uma pessoa, e o secretário municipal foi assassinado por engano. O alvo do crime seria outro homem, chamado Douglas Alves da Silva, que estaria extorquindo o vereador.

Em 2020, Douglas tinha sido contratado por Cacá do Sindicato para ameaçar e atirar na casa de uma concorrente de chapa para a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Primavera, ainda segundo a Polícia Civil. A mulher acabou desistindo da eleição após o atentado.

Quem era o vereador

  • José Carlos dos Santos tinha 40 anos;
  • O vereador era trabalhador rural;
  • Ele era casado e pai de duas filhas;
  • Em 2020, foi eleito, pela primeira vez, vereador de Primavera;
  • Ele obteve 465 votos, sendo o segundo mais bem votado dos nove eleitos para a Câmara Municipal.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads