Cidades

Homem invade prédio em Boa Viagem e atira em ex-esposa e mais duas pessoas

Em | Da Redação

Atualizado em

Homem invade prédio em Boa Viagem e atira em ex-esposa e mais duas pessoas
Foto: Reprodução Internet

Uma tragédia ocorreu, na manhã desta sexta-feira (8), no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

Um homem de 50 anos, identificado como Emerson Raulino Alexandre, invadiu o condomínio Morada dos Navegantes, localizado na rua dos Navegantes, e, no apartamento da ex-esposa, Lizia Regina de Albuquerque Melo, também de 50 anos, atirou contra ela e contra outras duas pessoas que estavam no imóvel.

De acordo com um amigo das vítimas, que preferiu não se identificar, estavam no imóvel, localizado no 4º andar do prédio, a filha da ex-esposa, Mayara Lícia Melo de Oliveira Britto, de 20 anos, e o namorado dela, Breno Filipe Sales, 28, além de Regina.]

Segundo relatos de moradores do prédio, Emerson Raulino estava proibido de entrar no local.

Após atirar contra os três moradores do local, o assassino atirou contra si mesmo e morreu – o ato teria sido cometido no hall do andar.

O Samu foi acionado às 7h50 e enviou duas unidades de suporte básico, duas de suporte avançado, duas motolâncias e um veículo de intervenção rápida, e socorreu três vítimas ainda com vida.

Duas foram encaminhadas para um hospital particular da cidade e outra para uma unidade de saúde estadual.

Breno Felipe levou um tiro no peito e foi encaminhado ao Hospital da Restauração, na área central do Recife. Ele deu entrada na unidade de saúde às 9h28, mas não resistiu e morreu às 10h15.

As duas mulheres foram levadas para o Hospital Unimed Recife III, no bairro da Ilha do Leite. A assessoria de comunicação da unidade de saúde informou que não pode encaminhar detalhes sobre o estado de saúde das vítimas, em razão da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O hospital apenas confirmou a admissão das duas.

Moradores e funcionários da área relataram ter ouvido os tiros. “O cara atirou na mulher, atirou em um ‘bocado’ de pessoa. Ninguém sabia de nada”, disse um porteiro à reportagem.

A Polícia Civil de Pernambuco informou que foi acionada e faz diligências no local.

O perito criminal Ramon Barros, presente na perícia preliminar no local do crime, informou que o homem atirou contra a própria cabeça. “Muito sangue, diversas manchas de sangue dos mais diversos padrões. A situação se deu mais no corredor dos apartamentos”, explicou.

“Tinha uma vítima na proximidade do local em que ele se lesionou, distante 50, 30 centímetros. Outra vítima estava no local, lesionada. E ele se suicidou ao lado dessa vítima”, acrescentou o perito, dizendo que o ocorrido foi no hall. Há ainda o registro de duas perfurações na parede.

Da redação do PortalPE10, com informações do Folha de Pernambuco.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads