Cidades

Autor de chacina no MT vira réu e tem prisão preventiva decretada pela Justiça

Em | Da Redação

Atualizado em

Autor de chacina no MT vira réu e tem prisão preventiva decretada pela Justiça
Vídeo mostra dupla matando seis pessoas em bar em MT

A Justiça do Mato Grosso aceitou a denúncia do Ministério Público e tornou réu Edgar Ricardo de Oliveira e converteu a prisão temporária para preventiva. O homem é apontado como o autor dos disparos que matou sete pessoas em bar, em Sinop, no interior do Estado, em fevereiro.

Ele responderá por sete homicídios qualificados, furto e roubo majorado (mediante grave ameaça). A ação foi registrada por uma câmera de monitoramento instalada dentro do estabelecimento. O motivo do crime foi uma aposta em uma partida de sinuca. Ele e o amigo Ezequias Souza Ribeiro se revoltaram após perder a partida, cujo o vencedor levaria uma quantia em dinheiro, e mataram sete pessoas.

A denúncia do MP aponta que o valor apostado é de R$ 4 mil. Uma das vítimas é uma criança de 12 anos. Ezequias morreu em um confronto com com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), segundo a Polícia Civil. A juíza Rosângela Zacarkim dos Santos determinou o sigilo dos laudos do local do crime e de necropsia, “para preservar as imagens das vítimas”.

Foram acrescentadas duas qualificadoras na decisão: motivo torpe, emprego de meio cruel, por meio que resultou perigo comum e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas. A outra é pela morta de uma menina de 12 anos. A defesa do réu tem 10 dias para responder à acusação. A Jovem Pan tenta localizar a defesa de Edgar.

*As informações são da Jovem Pan News.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads