Brasil

Policial militar é assassinado com tiro na cabeça após discussão

Ele e o suspeito discutiram na noite desta terça-feira no bairro São Bernardo, na Região Norte.

Em | Da Redação

Atualizado em

Policial militar é assassinado com tiro na cabeça após discussão
O policial militar Wellington da Costa Barros, de 42 anos, foi assassinado em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/TV Globo

Na última terça-feira (17), um sargento da Polícia Militar (PM) foi assassinado, em Belo Horizonte (MG). Ele levou um tiro na cabeça e outro de raspão no peito, e morreu na hora. As informações são do G1.

O agente se chamava Wellington da Costa Barros. Ele tinha 42 anos.

Segundo o boletim de ocorrência (BO), o policial dirigia um carro, acompanhado da cunhada e da mulher, quando o suspeito, Wellington Henrique de Souza, de 34 anos, parou em frente ao veículo e o provocou. Os dois começaram a discutir e Wellington deu um tapa no rosto do sargento, que acabou correndo atrás do agressor.

Testemunhas relataram que perderam os dois de vista, mas ouviram o barulho dos tiros. O PM foi assassinado com o próprio revólver.

A perícia da Polícia Civil foi ao local do crime e viu que um terceiro tiro acertou o portão de um imóvel.

O suspeito foi preso, nesta quarta-feira (18), segundo informações do jornal Estado de Minas. Ele foi encontrado em uma casa e estava com a arma do policial.

Wellington Henrique de Souza teria ainda confessado o crime. Ele disse aos policiais que estava andando em uma rua quando mandou o sargento diminuir a velocidade do carro para atravessar.

Deixe sua opinião

Siga
Advertisements
20 - Banner Threads