Brasil

FGTS vai distribuir R$ 12,7 bilhões aos trabalhadores

Valor foi definido durante reunião do conselho do fundo, em Brasília.

Em | Da Redação

Atualizado em

FGTS vai distribuir R$ 12,7 bilhões aos trabalhadores
Aplicativo FGTS para celular — Foto: Rodrigo Marinho/g1

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu nesta terça-feira (25) distribuir R$ 12,7 bilhões aos trabalhadores com contas vinculadas.

A quantia representa 99% do lucro obtido pelo fundo em 2022, que foi de R$ 12,8 bilhões.

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, a expectativa é de que a distribuição dos lucros aos trabalhadores comece até a próxima semana e seja concluída até o fim do mês de agosto.

Com o repasse aprovado, os trabalhadores terão um ganho real (ou seja, acima da inflação) de 1,3% nas contas vinculadas.

O montante a ser distribuído é menor do que foi repassado em 2022, quando foram distribuídos R$ 13,2 bilhões.

Veja abaixo os valores distribuídos nos últimos anos:

  • 2022: R$ 13,2 bilhões
  • 2021: R$ 8,12 bilhões
  • 2020: R$ 7,5 bilhões.

2022

Segundo a apresentação feita durante a reunião, o FGTS registrou em 2022:

  • Receitas: R$ 49,7 bilhões
  • Despesas: R$ 36,9 bilhões
  • Resultado: R$ 12,8 bilhões (99% do valor será distribuído)

A distribuição dos lucros

De acordo com a Caixa Econômica, a distribuição dos lucros do FGTS é prevista em lei e tem como meta “elevar a rentabilidade das contas vinculadas do trabalhador”.

Por lei, cabe ao Conselho Curador do FGTS autorizar a distribuição dos lucros. E à Caixa, fazer a operação de crédito nas contas dos trabalhadores.

“O valor referente à distribuição de resultado é proporcional ao saldo da conta vinculada posicionado em 31 de Dezembro do ano-base do resultado auferido e o crédito ocorre até o dia 31 de Agosto do ano seguinte. Esse valor é obtido por meio da multiplicação do saldo existente na sua conta pelo índice de distribuição aprovado pelo Conselho Curador do FGTS”, informou a Caixa.

Deixe sua opinião