Brasil

Em vídeo, líder do Comando Vermelho treina tiros e corre com fuzil em esteira

O objetivo do suspeito era ampliar o preparo para os embates do tráfico.

Em | Da Redação

Atualizado em

Em vídeo, líder do Comando Vermelho treina tiros e corre com fuzil em esteira
Reprodução

Apontado como um dos principais homens do Comando Vermelho, William Sousa Guedes, 35, o Corolla, foi preso nesta quarta-feira (3) no Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, enquanto visitava a família.

O suspeito tem 54 anotações criminais, entre elas o homicídio de um policial, e é apontado como um dos líderes das disputas territoriais na zona norte da cidade, além de participar da expansão da facção para a zona oeste.

Em vídeos obtidos pela Polícia Civil, ele aparece em treinamentos para essas disputas. Em uma das gravações, ele corre em uma esteira vestindo um colete balístico e portando um fuzil. Em outra, treina disparos e progressão em um terreno.

A advogada de Corolla compareceu à delegacia, mas não respondeu aos contatos da reportagem. O suspeito passará por audiência de custódia nesta quinta (4).

De acordo com Marcus Amim, secretário da Polícia Civil, a prisão do suspeito deve ter consequências na diminuição de tiroteios.

“O cara que sai e vai realizar esse enfrentamento não é qualquer pessoa da facção. Não basta querer, não basta ter vontade, [então] ele acaba se especializando”, disse o secretário, em entrevista coletiva. “É um indivíduo conhecedor de enfrentamentos entre facções. Esse tipo de peça, quando se retira, a recomposição é muito mais difícil, e com certeza há um arrefecimento da guerra”, acrescentou.

 

 

Deixe sua opinião