Brasil

Conselho Nacional aprova reduzir taxa do consignado para aposentados e pensionistas do INSS

Teto dos juros passará de 1,97% ao mês para 1,91% no caso do empréstimo consignado convencional, com desconto em folha de pagamento.

Em | Da Redação

Atualizado em

Conselho Nacional aprova reduzir taxa do consignado para aposentados e pensionistas do INSS
Trabalhador que contribui ao INSS tem descontos de R$ 65 a R$ 1.501

O Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quinta-feira (17) a redução da taxa máxima de juros cobrada em empréstimos consignados para aposentados e pensionistas do INSS.

O teto dos juros passará de 1,97% ao mês para 1,91% no caso do empréstimo consignado convencional, com desconto em folha de pagamento.

Já o limite de juros para a modalidade de cartão de crédito passará de 2,89% para 2,83%.

Segundo o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, se o Comitê de Política Monetária (Copom) continuar reduzindo a taxa básica de juros da economia, a Selic, o CNPS pode reduzir novamente o teto do consignado para beneficiários do INSS.

“Combinado com Ministério da Fazenda, Banco do Brasil e Caixa Econômica, estamos propondo taxa de 1,91% para o consignado, e 2,83% para o cartão de crédito consignado, com reforço de que se a próxima reunião do Banco Central baixar a taxa de juros [Selic], nós nos reuniremos para baixar novamente [teto do consignado]”, disse Lupi na reunião.

O ministro também comentou a decisão em rede social: “Medida vai de encontro à redução da taxa básica dos juros, feito recentemente pelo Banco Central e teve 13 votos favoráveis e apenas um contrário”.

 

Deixe sua opinião