Brasil

Com inflação e desemprego em baixa,carrinho de famílias no supermercado está mais cheio, diz pesquisa

Pesquisa da Kantar mostra que consumidores elevaram em 7,8% o número de itens que têm comprado

Em | Da Redação

Atualizado em

Com inflação e desemprego em baixa,carrinho de famílias no supermercado está mais cheio, diz pesquisa
Supermercado

As famílias brasileiras estão colocando mais produtos nos carrinhos de compra. Nos últimos 12 meses, houve um aumento de 7,8% nos itens adquiridos a cada ida do consumidor aos supermercados. No entanto, as dificuldades de consumo dos mais vulneráveis persistem.

Produzido pela Kantar, especialista em dados e consultoria, o estudo Consumer Insights Q1 2024 fez uma comparação da cesta de consumo entre março de 2023 e março de 2024.

Os alimentos enquadrados nas categorias de “sabor e prazer” tiveram os aumentos mais significativos. No período avaliado, bazar cresceu 9,9%, seguido por bebidas e doces, com 9,4% e 9,3% de aumento, respectivamente. Salgado (7,7%) e higiene e beleza (5,3%) vêm em seguida.

Segundo o diretor de contas da Kantar, Renan Morais, que atua há 12 anos com inteligência de mercado e negócios, o aumento do consumo doméstico está relacionado a dois contextos diferentes.

O primeiro deles é comportamental: houve diminuição na ida ao supermercado. “As pessoas estão espaçando mais as compras, enchendo mais o carrinho a cada visita em intervalos maiores”, diz Morais.

O segundo fator está relacionado a um cenário macroeconômico mais “positivo”.

“A menor inflação, o baixo desemprego e as iniciativas do governo de fortalecimento de renda das classes mais baixas favoreceram o crescimento de categorias menos priorizadas”, afirma.

Deixe sua opinião