Brasil

Acusado de estuprar três mulheres, influenciador evangélico Victor Bonato é solto após 56 dias

Justiça negou pedido de prisão preventiva e determinou a soltura do influencer religioso.

Em | Da Redação

Atualizado em

Acusado de estuprar três mulheres, influenciador evangélico Victor Bonato é solto após 56 dias
Justiça concede liberdade a Victor Bonato Fonte: Portal LeoDias

O influencer evangélico Victor de Paula Gonçalves, mais conhecido como Victor Bonato, deixou a prisão nesta quinta-feira (16), após uma determinação da Justiça. Ele ficou preso por quase 60 dias, acusado de crimes sexuais contra três mulheres, em Barueri, na Grande São Paulo.

Bonato foi preso no dia 20 de setembro. Um dia antes de ser detido, ele publicou um vídeo nas redes sociais pedindo perdão às jovens. À época, ele afirmou que havia falhado e que não teve “atitude de homem”.

Em decisão, a 2ª Vara Criminal de Barueri rejeitou um pedido para converter a prisão temporária de Bonato em preventiva. Além disso, o juiz determinou a expedição do alvará de soltura, mas aceitou parte da denúncia para que o réu responda por crimes sexuais.

O juiz Fabio Calheiros do Nascimento argumentou que, diante dos relatos das três mulheres, existem detalhes “que não se mostram consistentes para sustentar um processo judicial, mesmo depois de concluída a investigação”.

A decisão cita ainda dúvidas sobre o não consentimento dos atos sexuais envolvendo um episódio relatado por uma das mulheres. O documento também traz que alguns dos dados narrados pelas vítimas “não aparentam ser abusivos”.

O juiz entendeu ainda que diversos pontos da investigação “deveriam ter sido apurados mais detalhadamente para que se pudesse criar um processo criminal contra o acusado”.

Por outro lado, Nascimento recebeu as acusações por crimes sexuais envolvendo ao menos quatro episódios em que as três mulheres teriam sido vítimas. As demais acusações citadas no processo foram consideradas frágeis pelo juiz.

Na decisão, o juiz proibiu Bonato de se aproximar das três mulheres a menos de 200 metros, além de manter contato com elas e com os familiares delas por qualquer meio.

Bonato também está proibido de deixar o país e deverá permanecer em casa durante a noite e em dias de folga. Em caso de descumprimento destas medidas, ele poderá ser preso novamente, conforme a decisão.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads