Nos siga nas redes sociais

Palmares

Video: Acusada de torturar jovem ironiza e diz motivo que provou sangue da amiga ‘queria ver se ela era diabética’

Acusada de torturar jovem em Rio Largo sorri para a câmera e diz que não é uma ‘monstra’

Publicado

em

ás


A mulher que apareceu em um vídeo torturando outra pessoa, no dia 27 de março, na cidade de Rio Largo, Nathalya Talita, concedeu entrevista à equipe da TV Pajuçara na tarde de ontem (2). Na delegacia de Rio Largo, ela sorriu ao comentar o crime e disse que não é a monstra que as pessoas comentaram.

A vítima foi Rayanne Ferreira, de 18 anos, que recebeu cortes na testa e na virilha, e sofreu ameaças da autora, enquanto a sessão de tortura era filmada.

Nathalya foi presa ontem, na cidade de São José da Laje. Com ela, a polícia apreendeu o companheiro, um adolescente de 17 anos, também suspeito de participar do crime. A acusada afirmou que a vítima queria dopá-la com um remédio, para poder ficar com seu marido.

“Ela queria me dar um remédio pra eu dormir e ficar com meu marido. Eu peguei ela no banheiro com ele, mas eu não sou nenhuma monstra”, afimou em entrevista ao jornalista Mailson Franklin.

“Muita gente fica pensando que a errada sou eu, mas eu queria que vocês se colocassem no meu lugar. A errada não sou eu, se coloquem no meu lugar”, afirmou. Quando perguntada sobre o motivo de ter provado o sangue de Rayanne, ela ironizou.

“Provei porque queria ver se ela era diabética… O sangue dela é doce”, disse a mulher, que sorriu ao ser perguntada se estaria arrependida. “É melhor sorrir do que chorar, não vai ficar mais bonito na câmera?”, concluiu.


Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.