Nos siga nas redes sociais

Brasil

Vereador que tentou desobrigar uso de máscara morre de Covid-19 aos 34 anos

Publicado em

às

Parlamentar, que ficou quase um mês internado, deixa esposa e quatro filhos

Defensor de um projeto que desobriga o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19, o vereador Thiarles Santos (PSL), de Uberlândia (MG), morreu nesta sexta-feira (17), aos 34 anos, em decorrência de complicações da doença.

O parlamentar, que ficou quase um mês internado, deixa esposa e quatro filhos. A causa da morte foi confirmada à reportagem pelo hospital e pela assessoria do vereador.

Thiarles testou positivo em 16 de agosto. No mesmo dia, fez publicação nas redes sociais: “Fim do uso das máscaras. Jamais irei fazer qualquer distinção entre vacinados e não vacinados. Vamos lutar pelo não uso de máscara quando tivermos com 70% de vacinados, ou já tiverem contraído a doença”.

O PL (Projeto de Lei) chegou a ser protocolado na Câmara Municipal em agosto, mas ainda não foi discutido nas sessões ordinárias. No texto que justifica a proposta, Thiarles deu explicações -não comprovadas por órgãos científicos- de como a medida iria beneficiar pessoas que sofrem de problemas respiratórios.

“O ar quente dentro da máscara pode dificultar a respiração e desencadear crises respiratórias, como crises de asma. Se a máscara for muito apertada, pode desencadear ansiedade, alterando padrões respiratórios e causando muito desconforto”, afirmou ele, mesmo sem haver estudos que comprovem isso.

Em sua vaga na Câmara, assumirá o suplente Sérvio Túlio Félix Simões Filho (PSL), de 32 anos. Em fevereiro, a Câmara de Uberlândia perdeu a vereadora Adriana Alves Ribeiro, que também morreu em decorrência da Covid-19.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.