Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Trio suspeito de matar e atear fogo em idosa arrancou coração da vítima e deu para cachorro comer, diz polícia

A polícia suspeita que a vítima, de 64 anos, ainda foi estuprada pelos acusados que são dois adolescentes e um jovem de 19 anos

Publicado em

às

Jovem e casal de menores é suspeito de matar, atear fogo em idosa e arrancar coração da vítima â?? Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um jovem de 19 anos, um garoto de 15 e uma menina de 14 anos são suspeitos de roubar, estuprar, matar, mutilar e atear fogo em uma idosa de 64 anos. De acordo com a Polícia Civil de Goiânia, Goiás, a vítima teve o coração e a mama arrancados pelos suspeitos, que deram os órgãos para o cachorro da vítima comer.

O maior, que foi preso, nega o envolvimento no crime, mas os menores – que já foram apreendidos – confessaram A idosa, identificada como Thelma Mendonça de Carvalho, foi brutalmente assassinada na última terça-feira (25), depois que os suspeitos invadiram a sua casa para roubar. 

À TV Ahanguera, o delegado Eduardo Rodovalho informou que o jovem e os adolescentes colocaram a idosa no banheiro amarrada e com uma mordaça na boca. A mulher conseguiu cuspir a mordaça e começou a gritar por socorro. Por conta disso, ela acabou sendo esfaqueada e tendo os pulsos cortados pelos suspeitos. 

Em seguida, a vítima foi coberta por um pano com álcool e queimada enquanto ainda agonizava. A polícia confirma que os suspeitos abriram um buraco no chão do banheiro e enterraram a mulher parcialmente. Depois dessas atrocidades, o trio deixou o local levando apenas o celular.

TV, geladeira e até edredom roubado por trio foi encontrado pela polícia â?? Foto: Sílvio Túlio/G1

Um dia depois eles voltaram e deceparam a mama da idosa, arrancando o seu coração e dando para o cachorro comer. Rodovalho aponta que os suspeitos estavam sob efeito de drogas. Nesse retorno eles levaram uma televisão de 55 polegadas, uma geladeira e um cobertor da vítima. O corpo da mulher só foi encontrado na quinta-feira (27), dois dias depois do primeiro ato criminoso.

A suspeita de que a vítima foi estuprada se dá porque ela foi encontrada com a calcinha na altura dos tornozelos. A perícia deve confirmar. Por serem adolescentes, o casal de menor responderá pelos atos infracionais análogos a estes crimes. Já o jovem de 19 anos, que já tinha passagem por furto e receptação, vai responder por latrocínio.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.