Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Três mulheres são presas acusadas de matar manicure em Caruaru

Caso aconteceu dia 9 de julho deste ano. Suspeitas teriam matado por vingança

Publicado

em

ás

Caso Ayonny Melo: desvendado o crime que chocou Caruaru

O assassinato de Ayonne Melo Gonçalves, de 31 anos, foi praticado por três mulheres de uma mesma família. O crime aconteceu no mês passado, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Lucineia Maria Ferreira, 41, Adriana Maria Ferreira, 45, e Priscila Santina Maria Ferreira, 22, esfaquearam a vítima para vingarem a morte de Lourival Ferreira dos Santos, 30, filho de Lucineia.

As acusadas de terem matado a manicure no dia 9 de julho deste ano, em Caruaru, acreditam que Ayonne teve participação na morte de Lourival, com quem era casada. Das três suspeitas, apenas Priscila confessou o assassinato da vítima. O corpo dela foi encontrado em um saco plástico e sem parte da genitália, o que gerou repercussão.

De acordo com o delegado Márcio Cruz, a perícia do Instituto de Criminalística (IC) provou que a dilaceração do órgão genital foi provocada por animais. As suspeitas foram presas na terça (1º), em casa. Todas elas moram em Caruaru. As três mulheres tinham mandado de prisão temporário e foram encaminhadas à Colônia Penal Feminina de Buíque.

 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.