Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Três milhões de lares brasileiros têm acesso clandestino à TV por assinatura

É o que revelam os dados apresentados pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA).

Publicado

em

ás


Foto: Reprodução
Três milhões de lares brasileiros têm acesso clandestino à TV por assinatura, gerando perdas anuais de R$ 6 bilhões em receitas ao setor. É o que revelam os dados apresentados pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) durante o seminário ‘Ilegal, e daí?’, uma realização do jornal O Globo, em parceria com Extra, “Valor” e “Época”, nesta quinta-feira, no Rio.

Segundo Antonio Salles Neto (foto), consultor da entidade, 50% dos usuários de internet acessam sites de conteúdo ilegal. Entre as plataformas mais acessadas estão as que disponibilizam filmes e séries de forma pirata. O refinamento da qualidade do audiovisual ofertado de forma ilegal é uma das razões para, segundo especialistas no tema presentes no fórum, a pirataria estar vencendo essa batalha.

– A Justiça é pesada, lenta e propicia impunidade. A defesa da propriedade imaterial requer inovação urgente de entendimento jurídico, diz Neto.

Isis Moret Valaziane, advogada do escritório Kasznar Leonardos, especialista em direito autoral, ressalta que o boom das séries estrangeiras contribui para fomentar o acesso a conteúdo ilegal:

– As empresas não estão conseguindo acompanhar a velocidade da demanda do consumidor por esse tipo de conteúdo, que virou um meio de interação social. As pessoas têm a sensação de que não podem esperar para tal episódio chegar ao país via transmissão legal, porque vão ficar sem assunto com os amigos. Então, buscam esse conteúdo em sites de streaming piratas.

Mozart Tenório, assessor da Ancine, ressaltou, no entanto, que pesquisas mostram que não necessariamente as pessoas que acessam conteúdo ilegal, pagariam por esses serviços se não tivessem o pirata. O seminário teve patrocínio de Enel, Light, Souza Cruz e Sindicom.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.