Nos siga nas redes sociais

Brasil

Tempero, bolachas, munição e dinheiro: veja o tinha dentro da mochila de Lázaro

Também havia macarrão instantâneo, comprimidos, balaclava e faca. Lázaro Barbosa foi morto com pelo menos 38 tiros nesta segunda.

Publicado em

às

Tempero, bolachas, munição e dinheiro: veja o tinha dentro da mochila de Lázaro | Foto: Reprodução/PCGO

Morto por policiais militares de Goiás nesta segunda-feira (28/6), com pelo menos 38 tiros, Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, carregava com ele uma mochila bem equipada. O material foi entregue às autoridades e será periciado. O conteúdo da sacola revela que Lázaro estava preparado para ficar mais dias escondido, além dos 20 em que esteve foragido

Na mochila foi encontrada uma faca de cabo verde, um coldre de arma de fogo, carregador de pistola sobressalente, diversas munições, liga de borracha e fita plástica; jaqueta camuflada, balaclava, luva de pano, isqueiro, frasco branco com óleo, frasco branco com comprimidos, amoxicilina (antibiótico) e naproxen (analgésico), macarrão instantâneo, tempero pronto, uma cebola, bolachas e R$ 4,4 mil em espécie.

Ao lado do corpo de Lázaro Barbosa, os PMs encontraram também duas armas de fogo, uma do tipo pistola, “que parou aberta com todas as munições deflagradas”, e um revólver calibre 38 com 6 munições deflagradas.

As informações foram prestadas em Registro de Atendimento Integrado, feito à Secretaria de Segurança Pública de Goiás.

O criminoso foi morto durante confronto com forças policiais na manhã desta segunda-feira (28/6), numa mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO). Após o confronto no matagal, Lázaro ainda chegou a ser socorrido e levado a uma viatura do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

Suposto envolvimento

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga qual o envolvimento da ex-mulher e da ex-sogra na fuga de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos.

Segundo informações dos moradores vizinhos à casa das duas, desde a noite de sábado (26/6) Lázaro estaria no local, mas a polícia só chegou na noite de domingo (27).

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), Rodney Miranda, Lázaro teria ido encontrá-las: “Ele foi para se encontrar com elas (ex-esposa e ex-sogra). Nós estávamos monitorado e tentamos pegá-lo ali”.

Ele também confirmou que a ex-mulher e a ex-sogra foram levadas para prestar depoimento. “Se ficar constatado que queriam facilitar, vão ser indiciados e até presos”. Durante a abordagem policial, a ex-sogra chegou a dizer que Lázaro “não fez mal a ninguém”.

A ex-companheira de Lázaro entrou com os policiais na mata antes de ser levada à Delegacia de Águas Lindas para depoimento. Cerca de duas horas depois, elas foram liberadas e uma viatura as levou para casa. Segundo a polícia, a ex-mulher passou mal e a oitiva delas foi adiada.

Câmeras flagraram Lázaro nas imediações da casa da ex-sogra e da ex-companheira.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.