Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Suspeitos de matar PM de Alagoas são transferidos para o Recife

Moreira e Cabelão foram levados para a Delegacia de Homicídios, na madrugada de domingo (22)

Publicado

em

ás

Suspeitos do crime foram identificados por testemunhas
FOTO: CORTESIA

Os suspeitos de participação no assassinato do soldado Johnson Bulhões foram encaminhados para a Delegacia de Homicídios do Recife, na madrugada desse domingo (22).

De acordo com informações do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Moreira e Cabelão foram levados para o Recife, para que fiquem à disposição da Justiça e respondam pelo latrocínio que resultou na morte do militar alagoano.

Na Delegacia de Porto de Galinhas, após o trabalho integrado de inteligência das polícias dos dois estados, Cabelão, que foi preso em sua residência, admitiu que pilotava a motocicleta e que Moreira havia sido o autor do disparo que vitimou o soldado Bulhões.

Moreira foi preso em São José da Coroa Grande, também no Litoral Sul de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele se encontrava na casa da sogra e, ao ser preso, estava acompanhado do advogado.

O CASO

O crime aconteceu na sexta-feira (20), na cidade de Porto de Galinhas, quando a vítima estava com a esposa, grávida de três meses. O soldado foi morto ao reagir a uma tentativa de assalto de dois homens que estavam em uma moto. A Polícia Civil (PC), que investiga o caso, trata o crime como latrocínio, quando há roubo seguido de morte. Já a Polícia Militar (PM), que prendeu o homem, fala em homicídio.

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.