Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Suspeito de desviar R$100 milhões ex-prefeito Belém de Maria esta foragido há 6 meses

Ele é suspeito de crimes como fraude em licitações e lavagem de dinheiro

Publicado

em

ás

Há exatos seis meses o prefeito de Belém de Maria, Valdecir José da Silva (PSB), o “Tio Correia ” está foragido. O ex-gestor é suspeito de chefiar um grupo criminoso responsável por desviar R$ 100 milhões da prefeitura do município Mata Sul de Pernambuco. O Ministério Público estadual (MPPE) e a Polícia Civil procuram o prefeito desde 23 de janeiro deste ano, após a realização da “Operação Pulverização”.

 A reportagem do Portal  G1 tentou entrar em contato com a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Belém de Maria, mas as ligações não foram completadas. Por e-mail, também solicitou um posicionamento do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Pernambuco, mas – até a publicação desta matéria – não recebemos resposta. Após o “desaparecimento” do investigado, a vice-prefeita Maria Amália Silva assumiu a administração do município por determinação da Justiça. Ela também é uma das investigadas na “Operação Pulverização”. O caso de Belém de Maria teve repercussão nacional apos a investigação do Ministério Público ser destaque no quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico, na Rede Globo.

 O promotor de Justiça Frederico Magalhães investiga o suposto grupo criminoso liderado por Valdecir José desde novembro de 2015. “Além do MPPE, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas [Gaeco], a Polícia Civil de todo o estado também está procurando pelo prefeito. Recebemos algumas informações sobre a possível localização dele, mas ainda estamos apurando. Não podemos passar detalhes para não atrapalhar as investigações”, disse o promotor na época das operações

O representante do MPPE ainda esclareceu que além do gestor municipal, estão foragidos o ex-secretário de Finanças, a ex-presidente da comissão de licitação e o ex-tesoureiro da Secretaria de Saúde. “A organização criminosa só existia em função e por causa dele [prefeito]. Todo o esquema não seria possível sem ele”, destacou o promotor.

 No dia 12 de julho, dois ex-vereadores e o ex-tesoureiro geral da prefeitura se entregaram à polícia e foram levados para o Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares, conforme informou o promotor de Justiça.O delegado regional de Palmares, Vladimir Lacerda, contou que a Polícia Civil realizou seis operações – desde janeiro deste ano – para tentar localizar Valdecir José. “Foram três por nossa conta e três após recebermos informações por denúncias de populares. Em uma delas chegamos bem perto de encontrá-lo, mas ele havia saído do local momentos antes”, explicou.

 Disque-Denúncia

Informações anônimas sobre a localização do prefeito de Belém de Maria podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia, por meio do telefone (81) 3719-4545, no interior do estado, ou (81) 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife. Também é possível informar detalhes pelo site do Disque-Denúncia. O anonimato é garantido.

Prefeitura de Belém de Maria (Foto: Paula Cavalcante/ G1)

 

 

 

 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.