Nos siga nas redes sociais

Política

Sobe para três o número de prédios ocupados pelos alunos na UFRPE

Estudantes ocuparam prédios dos cursos de biologia e educação física

Publicado

em

Alunos da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ocuparam mais duas unidades do campus localizado no bairro de Dois Irmãos, na Zona Oeste do Recife, totalizando três prédios. Nesta segunda (31), as unidades Professor Tarcísio Eurico Travassos, onde funciona o curso de biologia, e Professor Manoel Amaro, onde ocorrem as aulas de Educação Física, foram ocupadas pelos estudantes, que protestam contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que pretende limitar gastos do governo federal nos próximos 20 anos.

Em protesto contra o projeto, aprovado na Câmara dos Deputados e que vai ser apreciado no Senado, onde tramitará como PEC 55, os alunos também restringiram o acesso em dois prédios do campus da UFRPE, também nesta segunda. Correntes e cadeados foram colocados no Ceagri 1 – Professor Rildo Sartori e no Ceagri 2 – João Vasconcelos Sobrinho, mas esses prédios não foram ocupados pelos estudantes, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição.

A ocupação na UFRPE teve início na noite da segunda-feira (24), quando os discentes trancaram os portões do Centro de Ensino de Graduação Obra-Escola (Cegoe). Desde então, a instituição tenta realocar as aulas, deslocando as turmas para outros prédios. A orientação é que os alunos procurem a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação para descobrir onde ocorrerão as aulas.

UFPE
Outras faculdades também apresentam mobilizações contra a PEC 241. Na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), cinco prédios do campus localizado na Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife, foram ocupados pelos estudantes. A ocupação teve início no Centro de Educação (CE), na segunda-feira (24), quando também começou a ocupação no campus de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do estado.

Na noite da terça-feira (25), um grupo de alunos ocupou o Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), ocasionando a suspensão das aulas desde então. Já na quinta-feira (27), o Centro de Artes e Comunicação (CAC) foi ocupado, assim como o Centro Acadêmico do Agreste.

Outras instituições ocupadas
Também contrários à PEC, alunos da Universidade de Pernambuco (UPE) montaram acampamento no campus de Santo Amaro, na área central da capital, que sedia a Faculdade de Ciências Médicas (FCM), a Escola Superior de Educação Física (Esef), o Instituto de Ciências Biológicas (ICB) e a Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (Fensg).

Das quatro unidades de ensino, os estudantes apenas não ocupam a FCM. O protesto ocorre desde a quinta-feira (20), quando cerca de 60 estudantes iniciaram um acampamento no prédio da Reitoria da instituição estadual, que foi desocupado na quinta-feira (27). Ainda há registro de ocupações em outros campus da universidade como em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte, Palmares, na Zona da Mata Sul, e Petrolina, no Sertão.

IFPE
A mobilização também atingiu o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). Os alunos realizaram uma aula ao ar livre, na qual várias turmas reunidas discutiram com professores a reforma do ensino médio e a PEC 241. Tanto os estudantes como a assessoria de comunicação do campus Recife afirmaram que a relação entre o movimento estudantil e a instituição está ‘amigável’. Os estudantes não dormem no local nem permanecem durante o final de semana, segundo a assessoria.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.