Nos siga nas redes sociais

Política

Roberto Freire: Eleição de Campos não pode ficar para 2018

“O Brasil exige o debate e o Eduardo é quem pode liderar esse processo e apresentar um novo rumo para o país”, afirmou,

Publicado em

às

Pedro Ladeira: BRASÍLIA, DF, 25.04.2013: CÂMARA/DANTE DE OLIVEIRA/DF - Os deputados Roberto Freire e Henrique Eduardo Alves na sessão - A Câmara dos Deputados presta homenagem aos 30 anos de apresentação da Emenda Dante de Oliveira, como ficou conhecida a proposta de re

O presidente nacional do PPS, deputado federal por São Paulo Roberto Freire, disse, neste sábado (26), que a candidatura presidencial do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) não poderia ficar para 2018.

“O Brasil exige o debate e o Eduardo é quem pode liderar esse processo e apresentar um novo rumo para o país”, afirmou, durante o 4º Seminário Regional Programático da aliança PSB-REDE-PPS-PPL, em Manaus (AM). “Nós precisamos derrotar esse bloco que está aí e esse n?o é um projeto para 2018, é para já”, complementou.

Apesar de o PPS fazer oposição à presidente Dilma Rousseff (PT), assim como o PSDB, que tem o senador Aécio Neves (MG) como pré-candidato ao Palácio do Planalto, Freire decidiu apoiar Campos sob o argumento de a aliança representa um realinhamento forças democráticas de esquerda, o que, segundo o parlamentar, configura um reencontro histórico entre PPS e PSB.

A opção pelo apoio ao ex-chefe do Executivo pernambucano também se justifica pelo fato de que, na avaliação de Freire, Campos tem mais chances de levar a disputa para o segundo turno do que o tucano Aécio Neves, ex-governador de Minas Gerais.

247PE

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.