Nos siga nas redes sociais

Esportes

Ricardinho: “Temos que dar a volta por cima”

O tricolor está em 17° lugar, figura entre as quatro equipes na zona de rebaixamento

Publicado

em

ás

O que muitos torcedores do Santa Cruz temiam aconteceu. A conquista do Campeonato Pernambucano mascarou as deficiências do time e a Série B vem provando isso. O tricolor está em 17° lugar, figura entre as quatro equipes na zona de rebaixamento para terceira divisão. O pesadelo do rebaixamento começa a flertar com o Arruda novamente. Além das limitações técnicas, em todos os setores da equipe, o clube mais uma vez passa por uma crise financeira. Após o título local, os dirigentes corais se vangloriaram sobre o “planejamento” feito para o ano, mas mesmo tendo levantado a taça da FPF, o time em nenhum momento da temporada convenceu. O técnico Ricardinho, depois da derrota para o ABC/RN, em casa, tentou explicar o porque do péssimo desempenho do time na competição.

“Nós fugimos das nossas características e estamos tendo dificuldades por isso. É lógico que tem uma série de fatores que resultaram nas más atuações e nós temos que analisar cada um deles, para que a gente possa retomar o caminho das vitórias. Teremos dois jogos fora e temos que dar a volta por cima”, explicou Ricardinho.

Diante do alvinegro natalense, o tricolor do Arruda só fez 6 finalizações. Ricardinho acredita que faltou leitura de jogo de seus comandados para obter um resultado positivo em casa.

“Arrematamos pouco , não criamos e marcamos mal. Jogando contra uma equipe que estava totalmente recuada e com um jogador a mais, tínhamos que ter explorado o jogo pelas laterais e não conseguimos. Colocamos jogadores para isso, mas insistimos no chuveirinho na área adversária. O cruzamento tem que ser um passe e não simplesmente jogar a bola para cima na sorte. Temos que ter a leitura do jogo, ficamos insistindo pelo meio.  Agora, é tranquilidade para passar por esse momento”, argumentou.

Para o comandante coral, é fundamental a mudança de postura do elenco. “Falta a gente ser mais agressivo, jogar com mais velocidade, passes curtos, sem carregar muito a bola. Nós temos que evoluir, melhorar, qualificar mais o nosso jogo, a nossa condição, se quisermos algo melhor dentro do campeonato. Não estou nem um pouco satisfeito, às vezes a gente acaba perdendo um jogo, mas a equipe mostra alguns pontos positivos, não foi o caso. O que mais preocupa é a nossa postura em campo. Não foi de uma equipe que quer conquistar um espaço na Série B, temos que rever isso e mudar. Internamente vamos trabalhar nisso, para voltarmos ao nosso caminho”, disse.

Mesmo com a pressão da torcida para contratação de reforços, o treinador despistou sobre possíveis nomes que vão chegar ao clube. “Eu só trato de reforços internamente. Depois de uma derrota não é interessante falar sobre nomes. Vou me reunir com a direção e vamos tratar de reforços dentro da nossa realidade financeira. “

Fonte: Blog de Primeira 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.