Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Região Mata Sul perde 37 profissionais com saída de cubanos do programa Mais Médicos

De acordo com o Ministério da Saúde, os profissionais atendem 12 cidades

Publicado em

às

 

Resultado de imagem para saída de cubanos do programa Mais Médicos

Com o anúncio da saída dos cubanos do programa Mais Médicos, a região Mata Sul vão perder 37 profissionais que atuam em 12 cidades. As maiores perdas estão em Palmares e Água Preta, que tinham o maior número de médicos cubanos atuando na saúde.

 O país caribenho enviava profissionais para atuar no Sistema Único de Saúde desde 2013 e anunciou fim da parceria na última semana. De acordo com o anúncio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que intermediava a cooperação entre os países, os médicos devem deixar o Brasil até o fim do ano

Dos 37 médicos cubanos que atuam na região Mata Sul, 8 atendem em Palmares  e 5 em Água Preta. Todos os profissionais fazem parte dos atendimentos do programa de Estratégia de Saúde da Família (ESF).

 Outras cidades também não terão mais médicos cubanos entre elas estão:

Palmares(8) vagas, Água Preta (5) vagas, Catende (3) vagas , Quipapá (4 vagas ),Jaqueira (3) vagas, Gameleira (2 ) vagas, e Maraial (1 vaga) São Benedito do Sul (3) vagas, Sirinhaém (1) vaga, Tamandaré (3 vagas ) Escada (3 vagas) Primavera (1 vaga)

A partir de quarta-feira (21), os médicos brasileiros interessados em suprir as vagas deixadas pelos cubanos poderão se inscrever para a seleção. Caso o número de médicos de um município seja preenchido, ele não poderá mais ser escolhido pelos concorrentes ao cargo, como ocorria antes.As prefeituras alegaram que, antes mesmo do anúncio, já tentavam o reforço na contratação de médicos nas cidades.

 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.