Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Queda de barreiras deixa dois mortos e seis desaparecidos no Grande Recife

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu estão no local atuando no regaste e no socorro às vítimas. Ainda não há informações sobre feridos

Publicado em

às

Foto: Cortesia


Deslizamentos de barreiras em decorrência das chuvas intensas que castigaram a Região Metropolitana do Recife causaram a morte de pelos menos duas pessoas ao longo desta quinta-feira (13). Na área central de Camaragibe, um homem morreu, uma mulher foi resgatada e outras sete pessoas continuam soterradas sob os escombros de duas casas que desabaram. Em Jaboatão dos Guararapes, uma adolescente de 17 anos morreu e três irmãos mais novos ficam feridos após o desmoronamento de um imóvel que tinha sido interditada pela Defesa Civil havia três anos. Para piorar o quadro de caos e tragédia, as chuvas torrenciais voltaram a cair por volta de 18h30, dificultando ainda mais o trabalho de resgate das vítimas soterradas.

O primeiro desmoronamento ocorreu na 2ª Travessa da Rua Bom Jesus, no bairro dos Estados, no Centro de Camaragibe, na manhã desta quinta-feira (13). A única vítima resgatada com vida até a noite desta quinta-feira, uma mulher de 19 anos, foi identificada como Larissa. Ela foi retirada do meio da lama com ferimentos leves cinco horas do início do trabalho de resgate e informou aos bombeiros que mais sete pessoas continuam soterradas no local. Entre os desaparecidos, estão cinco crianças, segundo relato da sobrevivente.

O óbito de uma das vítimas, o marido de Larissa, foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros, que está no local atuando no regaste e no socorro aos desaparecidos ao lado da Defesa Civil do município. Ainda não há detalhes sobre identidade dele e o corpo segue em meio aos escombros em um local de difícil acesso. Socorristas vão passar a madrugada no local na esperança de resgatar os desaparecidos. O clima é de desespero entre vizinhos e parentes da família soterrada.

Em Jaboatão, por volta de meio-dia, uma família foi atingida após o desmoronamento registrado na localidade de Jardim Monte Verde, no Ibura. Maria Gabriela da Silva Souza, de 17 anos, morreu na UPA de Lagoa Encantada logo depois de ser retirada dos escombros. Os irmãos dela, de 13, 12 e sete anos também foram atingidos pelo deslizamento e continuam internados. A casa onde a família estava tinha sido interditada desde 2016 pela Defesa Civil de Jaboatão. A dona do imóvel saiu de casa e alugou a residência para a família de Maria Gabriela.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.