Nos siga nas redes sociais

Política

‘PT não gosta de pobre, gosta do poder’, diz Geraldo Alckmin do PSDB

O tucano argumentou que a gestão petista resultou em prejuízos para a população,

Publicado

em

ás

Folhapress – Em duro discurso contra o PT, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, criticou o atual cenário econômico do país, mencionou as denúncias de corrupção na Petrobras e argumentou que o partido da presidente Dilma Rousseff “não gosta de pobre”. “Governar é escolher, e ficou claro que o PT não gosta dos pobres, do social. Gosta do poder, a qualquer preço. Esta é a realidade”, afirmou ele, em seu discurso, neste domingo (5), durante convenção nacional do PSDB, em Brasília.

O tucano argumentou que a gestão petista resultou em prejuízos para a população, como aumento do desemprego e agravamento da saúde pública e que, agora, chegou “ao fundo do poço”. “Cabe a nós a missão de não deixá-los carregar o Brasil junto com eles.”

Alckmin atacou não apenas a presidente Dilma, como a gestão de seu antecessor. “O Lula, por exemplo, quer pôr seus próprios erros nos ombros do povo. Isso tudo pra salvar sua cabeça. Mas olha, Lula, o povo brasileiro não é bobo”, disse, seguido de palmas. “Criaram a doença e agora estão querendo matar o doente”, emendou.

Sem mencionar a possibilidade de impeachment ou de novas eleições, Alckmin defendeu uma reforma política no país, com redução de partidos e da “promiscuidade” entre empresas e legendas. “O PT chegou tarde à economia de mercado e depois decidiu chantageá-la”, afirmou, defendendo maior transparência nas estatais.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.