Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Professores fazem nova paralisação de 48h na rede estadual de Pernambuco

Objetivo é pressionar o governo para que aumento salarial seja para todos.

Publicado

em

ás

Apenas um professor deve dar aula em escola de Casa Amarela (Foto: Penélope Araújo/G1)

Professores da rede estadual de ensino começam, nesta quarta-feira (8), uma paralisação que deve durar 48h. O movimento acontece porque a categoria não concorda com o projeto de lei que corrige o piso salarial do magistério, aprovado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) no último 31 de março. De acordo com o projeto, o reajuste de 13,01% é apenas para os professores que estudaram até o nível médio.

A paralisação dos professores acontece em todo o estado. No Recife, algumas escolas têm parte das aulas paralisadas. Na Escola de Referência em Ensino Médio Nóbrega, na Encruzilhada, o movimento de alunos é pouco. “Ontem nos disseram que não ia ter aula, mas parece que alguns vêm”, contou uma aluna.

Na Escola de Referência em Ensino Médio Clotilde de Oliveira, no bairro de Casa Amarela, apenas um professor dará aula nesta quarta (8). ” Os professores avisaram aos alunos que não ia ter aula e só vieram catorze alunos. Até porque a integração entre alunos, professores e sindicatos está maior, os alunos se juntam aos professores”, explicou Severina Soares, uma das funcionarias da escola. Severina não atua em sala de aula, mas também é professora e concorda com a paralisação. “O aumento foi só pra quem tem magistério. E os outros?”, reclama.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), o objetivo da paralisação é pressionar o governo para que o aumento salarial seja para todos os professores. O levantamento de quantos professores aderiram à paralisação nesta quarta (8) só deve ser feito no fim da tarde.

O Sintepe convocou também uma assembleia geral, na sexta-feira (10), após o fim da paralisação, para decidir o próximo ato da categoria e avaliar a decretação de greve. Através de nota, a Secretaria de Educação do Estado informou que os alunos não serão prejudicados com a paralisação e que o calendário escolar está mantido.

Com informações:G1

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.