Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Preso suspeito de mandar matar radialista que deixava a emissora de rádio onde trabalhava

Buscas continuam pelo suspeito de cometer o crime, Claudiano Silva Santos, conhecido como Cacau

Publicado

em

ás


O homem suspeito de mandar matar o radialista Claudemir Nunes da Silva, no dia 21 de março deste ano, foi preso através de um mandado de prisão temporária, nesta segunda-feira (15). Em paralelo, a Polícia Civil de Pernambuco divulgou uma fotografia de Claudiano Silva Santos, conhecido como Cacau, que teria executado o crime. Ele está foragido, e os investigadores pedem ajuda da população para localizá-lo. Informações sobre o paradeiro do suspeito podem ser encaminhadas para a equipe pelo telefone (81) 9 9488-7041 ou pelo Disque-Denúncia (81) 3719-4534

A captura de Jeová Fortunato Gomes foi feita pela 21ª Delegacia de Homicídios de Santa Cruz do Capibaribe e, após prestar depoimento, ele deverá ser levado para o presídio da cidade.


O radialista Claudemir Nunes foi morto a tiros quando deixava a emissora de rádio onde trabalhava. Os disparos atingiram a cabeça e um dos braços da vítima, que morreu no local. O crime foi registrado por câmeras de segurança. Nas imagens, o suspeito foragido usa uma camiseta vermelha, boné e pede que o radialista retire o capacete. A vítima entrega o equipamento de proteção para ele, que o coloca no chão e atira. No detalhamento das características físicas, o delegado Bruno Machado, que investiga o caso, informou que o homem é magro, tem a pele parda escura, nariz afilado, boca pequena e o formato do rosto triangular. Ele teria entre 30 e 35 anos e altura entre 1,67 m e 1,72 m.

Veja o vídeo que mostra o momento em que o comunicador foi assassinado


Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.