Nos siga nas redes sociais

Brasil

Prefeito confirma participação do irmão em morte de candidato a vereador

Deiró Marra (PSB) disse que o fato de um parente matar outra pessoa ”pode acontecer com qualquer um”. Político também decretou luto oficial de três dias e exonerou o suspeito de matar o candidato a vereador Cássio Remis

Publicado

em

ás

Para Deiró Marra, ter o irmão como suspeito de um assassinato ”pode acontecer com qualquer um”

O prefeito de Patrocínio, no Alto Paranaíba, Deiró Marra (PSB) em Minas Gerais, deu entrevista coletiva no início da noite desta quinta-feira (24) depois da morte do candidato a vereador pela cidade, Cássio Remis. O principal suspeito do crime é o irmão de Deiró, Jairo Marra, atual secretário de Obras da prefeitura.

Na ocasião, o prefeito afirmou diversas vezes que o crime não muda em nada a sua campanha para as eleições deste ano e reiterou que será candidato à reeleição. Deiró Marra disse que o fato de um parente tirar a vida de um adversário político “pode acontecer com qualquer um”.

“Isso aqui não tem nada a ver com a campanha. Foi uma tragédia. Eu me enluto com a família. É um fato que fatalmente pode acontecer com qualquer um, qualquer cidadão. Não é isso. (O assassinato) não tem nada a ver com o nosso projeto político”, disse Deiró Marra em coletiva.

Ainda na coletiva, o prefeito decretou luto oficial de três dias pela morte de Cássio Remis. E confirmou que os disparos de arma de fogo partiram do seu irmão, Jorge Marra.

“Lamentamos tudo que aconteceu, essa sequência de fatos absolutamente injustificáveis que culminaram (sic) com a morte do (candidato a) vereador, Cássio Remis, por disparos de arma de fogo, infelizmente, pelas mãos do meu irmão, Jorge Marra”, afirmou.

“Esperamos que todos esses fatos possam ser elucidados. Possam ser, de forma transparente, apurados pela Justiça, pela Polícia Civil, Polícia Militar. Estão todos empenhados”, completou o chefe do Executivo municipal.

Deiró Marra também adiantou que já exonerou o secretário de Obras do cargo para que ele responda pelas acusações. Afirmou, ainda, que não sabe do paradeiro do irmão, foragido da polícia após o crime.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.