Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Preço do iPhone 13 começa em R$ 6.599 no Brasil; mais caro custa R$ 15.499

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

A Apple anunciou oficialmente nesta terça-feira (14) a sua nova linha de celulares: iPhone 13 mini, iPhone 13, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max. Os valores no Brasil ficam entre R$ 6.599 e R$ 15.499.

Os lançamentos chegam com tela mais resistente e proteção contra água. O entalhe que esconde os sensores de reconhecimento facial (Face ID) está 20% menor, segundo a Apple. Aparentemente, ele ocupa mesmo menos espaço no display, mas continua nada discreto. Outro destaque é que a câmera dos modelos agora é capaz de fazer vídeos com desfoque do fundo (bem famoso em fotografias). Uma novidade que pode agradar quem curte fazer filmes com o celular. As informações são do Uol.

A Apple também matou a versão de 64 GB de memória de armazenamento com o novo iPhone. Os aparelhos são vendidos com espaço a partir de 128 GB (a linha 13 Pro conta ainda uma opção de 1 TB).

Depois do início das vendas no exterior, os iPhones levam, tradicionalmente, de dois a três meses para serem vendidos oficialmente no Brasil. A data oficial por aqui ainda não foi informada, mas os preços em real já foram liberados no site da empresa. Confira:

iPhone 13 mini (5,4 polegadas)

128 GB: R$ 6.599 (R$ 5.939,10 à vista)
256 GB: R$ 7.599 (R$ 6.839,10 à vista)
512 GB: R$ 9.599 (R$ 8.639,10 à vista
iPhone 13 (6,1 polegadas)

128 GB: R$ 7.599 (R$ 6.839,10 à vista)
256 GB: R$ 8.599 (R$ 7.739,10 à vista)
512 GB: R$ 10.599 (R$ 9.539,10 à vista)

iPhone 13 Pro (6,1 polegadas)

128 GB: R$ 9.499 (R$ 8.549,10 à vista)
256 GB: R$ 10.499 (R$ 9.449,10 à vista)
512 GB: R$ 12.499 (R$ 11.249,10 à vista)
1 TB: R$ 15.499 (R$ 13.049,10 à vista)
iPhone 13 Pro Max (6,7 polegadas)

128 GB: R$ 10.499 (R$ 9.449,10 à vista)
256 GB: R$ 11.499 (R$ 10.349,10 à vista)
512 GB: R$ 13.499 (R$ 12.149,10 à vista)
1 TB: R$ 15.499 (R$ 13.949,10 à vista)

Como é o iPhone 13 e o iPhone 13 Mini

O carro-chefe da nova linha, o iPhone 13 “normal” chega em quatro cores — rosa, azul, branco, preto e vermelho — e três opções de memória: 128 GB, 256 GB e 512 GB. O modelo menor é chamado de iPhone 13 mini, mas tem todos os mesmos recursos do modelo maior.

Em termos de design, a Apple apresentou poucas mudanças. Os celulares são parecidos com a geração de 2020. Com exceção do conjunto duplo de câmera da linha 13 e 13 mini. Ele agora possui um formato na diagonal.

O processador, batizado A15 Bionic, promete ser 50% mais rápido que o concorrente mais veloz, segundo a Apple. Os dois têm suporte à internet 5G e aos acessórios MagSafe com ímãs da empresa.

Em termos de bateria, a Apple diz apenas que o iPhone 13 dura cerca de 2 horas mais do que o iPhone 12. Já o iPhone 13 mini dura 1 hora e mais a mais do que o 12 mini.

Câmera de cinema

São duas câmeras traseiras, ambas com 12 MP de resolução cada, sendo uma de lente grande-angular e outra de lente ultra-wide, que captura mais conteúdo na mesma imagem. O iPhone 13 também consegue aplicar o modo retrato (aquele que deixa o plano de fundo borrado e o primeira plano em destaque) também em vídeos, com o nome de “modo cinematográfico”.

Além de borrar o fundo, o modo cinematográfico consegue seguir um objeto em movimento e muda o foco do primeiro para o segundo plano automaticamente.

iPhone 13 Pro e Pro Max

Além do iPhone 13 e 13 mini, a Apple anunciou hoje também o iPhone 13 Pro (com tela de 6,1 polegadas) e o Pro Max (com 6,7 polegadas). O entalhe 20% menor também está aqui, mas na traseira temos três câmeras. As cores também são diferentes (preto, dourado, prata e azul).

Pela primeira vez, os iPhones “profissionais” também terão uma quarta opção de armazenamento, de 1 TB, além de 128 GB, 256 GB e 512 GB.

O processador A15 Bionic na linha 13 Pro também é um pouco diferente: a placa de vídeo (GPU) é de cinco núcleos e, segundo o Apple, 50% mais potente que os rivais. A placa de vídeo serve para processar os gráficos mais exigentes de apps de edição e jogos pesados.

A tela tem uma taxa de atualização dinâmica, como a do iPad Pro mais moderno. Isto significa que a tela pode ir de 30 Hz até 120 Hz dependendo das imagens, para tornar a visualização mais suave em animações muito rápidas, como a rolagem de um feed, por exemplo.

O conjunto de câmeras traseiras é formado por uma lente grande-angular, ultra-wide (para capturar mais conteúdo) e telefoto (para zoom óptico de 3x). Todas as lentes têm suporte ao modo noturno, que ilumina fotos escuras. E agora a lente ultra-wide também pode ser usada como uma lente macro, que captura mais detalhes de objetos bem próximos sem perder o foco.

Em vídeo, os iPhones 13 Pro e Pro Max também têm suporte ao modo cinematográfico dos modelos menores.

Em termos de bateria, a Apple diz que o 13 Pro dura 1 hora e meia a mais do que o 12 Pro, lançado em 2020. Ainda segundo a fabricante, o iPhone 13 Pro Max tem a bateria mais duradoura da história da marca até hoje.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.