Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Polícia Rodoviária Federal registra 195 acidentes e 10 mortes durante o São João

Mais de 2 mil veículos foram flagrados com excesso de velocidade.

Publicado

em

ás

M

As operações São João e Duas Rodas, realizadas durante 11 dias de festejos juninos, onde as rodovias pernambucanas ficam com trânsito intenso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fechou com saldo de 195 acidentes que deixaram 102 pessoas feridas e 10 mortas. O índice é menor que o registrado no mesmo período no ano passado, quando foram registrados 233 acidentes, com 114 feridos e 12 mortes.

Em virtude da tradição do São João pernambucano, as operações contaram com o apoio de policiais dos estados de Sergipe, Rio Grande do Norte, Maranhão, Ceará e Piauí. Até a última quarta-feira (24), a PRF fiscalizou mais de 14 mil pessoas em 10 mil veículos. Desse total quase 4 mil foram autuados por infrações ao Código Brasileiro de Trânsito. “Entre os flagras mais comuns estão excesso de velocidade, ausência do uso do cinto de segurança, dois vilões dos acidentes,” afirmou o Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Walker Barbosa.

Entre as ações de educação para o trânsito, um ônibus da Polícia Rodoviária Federal adaptado para a realização de palestras e vídeos educativos teve destaque entre os usuários que visitaram a região Agreste do Estado. O superintendente chama atenção para as causas de morte, mais da metade foram causados por atropelamentos. “A presença de rodovias em locais de grande circulação contribuem para que ocorra mais acidentes. Mas a atenção tanto do motorista quanto do pedestre ajudam a evitar esses problemas,” explicou. A fiscalização com radar registrou mais de 2 mil imagens de veículos com excesso de velocidade. Os agentes chegaram a registrar carros a 180 por hora. Circular assim reduz o reflexo do motorista e evitar acidentes fica inviável desta forma. Completou o superintendente.

A Operação Duas Rodas Ao longo da operação, fiscalizou mais de 1.5 mil pessoas e a falta de documentação e equipamentos obrigatórios, ausência de habilitação e notas fiscais irregulares foram as autuações mais frequentes. O combate ao crime também resultou na recuperação de três motocicletas roubadas e na prisão dos condutores.

Lei Seca – Ao longo deste período, foram realizados 3.627 testes com o bafômetro, que resultaram em 146 autuações e nove prisões de motoristas sob efeito de álcool. Os comandos da Lei Seca ocorreram em todo o estado e são realizados em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil, Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual e com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE).

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.