Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Polícia investiga se morte de marido da deputada Flordelis foi execução

De acordo com investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, hipótese de latrocínio ‘vai se afastando’. Desavença familiar pode ter motivado o crime.

Publicado em

às


A Polícia Civil está investigando se o assassinato do pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal Flordelis (PSD), foi uma execução. Agentes disseram ao G1 que a linha de investigação até o momento não aponta para latrocínio (roubo seguido de morte).

“Apesar de ainda não estar 100% descartado, latrocínio vai se afastando”, disse um investigador na tarde deste domingo (16). Uma desavença familiar pode ter motivado o crime, segundo fontes da delegacia.A perícia já foi realizada no local do crime e no carro da vítima e a investigação segue em andamento.

Casa de Flordelis e Anderson Carmo em Niterói, local onde ocorreu o crime â?? Foto: TV Globo

Morte do pastor

O marido da deputada federal Flordelis (PSD) foi assassinado na madrugada deste domingo (16), em Pendotiba, Niterói. Segundo informações, Anderson Carmo foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, pouco tempo após chegar em casa.

Uma equipe do 12º BPM foi acionada com a informação de uma tentativa de homicídio no local onde Anderson foi baleado. A vítima já havia sido socorrida pelos familiares e levada para o Hospital Niterói D’Or, em Santa Rosa, mas ela não resistiu aos ferimentos.O velório será realizado neste domingo (16), a partir das 17h, no Ministério Flordelis, e o enterro acontece na segunda-feira (17), às 11h, no Memorial Parque Nycteroy, em São Gonçalo.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.