Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Polícia Federal participa indiretamente das investigações do caso Marielle

Polícia Federal participa indiretamente das investigações do caso Marielle

Publicado em

às

Marielle Franco, vereadora do Psol, na Câmara do Rio em foto de 2017 (Foto: Renan Olaz/Câmara do Rio)

A Polícia Federal participa de forma indireta na investigação da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros nesta quarta-feira (14) na região central do Rio de Janeiro.

A PF trabalha por meio do Grupo Integrado de Operações de Segurança Pública (Giosp), responsável por produzir relatórios de inteligência e abastecer investigações em todo o estado do Rio de Janeiro, incluindo o caso da vereadora e do seu motorista, Anderson Pedro Gomes.

Lançado pelo governo estadual no início de 2017, o Giosp atua no Centro Integrado de Comando e Controle e é formado por agentes de inteligência da Secretaria de Segurança, da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Secretaria de Administração Penitenciária, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal.

Mesmo com a decisão do governo federal de colocar a PF à disposição, a investigação ainda está sob o comando da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Mas recebe auxílio das informações de inteligência do Giosp, segundo informado ao blog, já que o caso é considerado prioritário.

Nesta quinta-feira (15), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou, por meio de nota, que determinou a instauração de procedimento para eventual “Incidente de Deslocamento de Competência”, ou seja, a possível federalização da investigação.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.