Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Policia Federal investiga falsificação de documentos, dinheiro e detém gerente de banco em PE

Um dos acusados anunciava “promoções” de cédulas adulteradas nas redes sociais e prometia que fraudes não eram detectáveis pelos testes tradicionais

Publicado em

às


A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou na manhã da última terça-feira (30) a Operação Forger com o objetivo de investigar crimes financeiros, falsificação de documentos públicos e comércio de cédulas falsas praticados na região metropolitana de Recife.

O braço da investigação aponta a concessão de financiamentos habitacionais com o uso de documentos falsos e participação de um gerente do banco, na época dos fatos, que também mantinha uma empresa do ramo de construção civil. No período de um ano, o grupo investigado movimentou cerca de R$ 2,5 milhões de reais. Neste caso foram cumpridos 04 Mandados de Busca e Apreensão que apura o crime de peculato e obtenção de financiamento mediante fraude.

Nas buscas foram apreendidos diversos documentos e inúmeros contratos de compra e venda de imóveis em Paudalho e Camaragibe. Todo o material passará por perícia técnica com o objetivo de obter provas que comprovem a participação delitiva tanto do gerente do banco como demais envolvidos. Não houve flagrante.

Também foram cumpridos dois mandados relacionados com o crime de comércio de cédulas falsas, cartões (crédito e débito) e CNHs falsas, pela pessoa que se denominava “Jhonny Fake” nas redes sociais.

As cédulas falsas eram vendidas por 1/10 de seu valor (ex.: R$ 1.000,00 falsos custavam R$ 100,00 verdadeiros), sendo que as CNHs falsas variavam o preço dependendo da categoria, de R$ 1.000,00 a R$ 4.000,00. O investigado também vendia cartões de crédito e débito com valor disponível de R$ 4.500,00 a R$ 80.000,00, contendo a senha e o prazo para uso do valor (15 dias no crédito ou 20 dias no débito).

Para exemplificar, um cartão com crédito de R$ 12.000,00 era vendido a R$ 1.000,00. No momento das buscas em São Lourenço da Mata, foram apreendidos o celular (passará por perícia) do suspeito e pequena quantidade de maconha para consumo pessoal, razão pela qual foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência e logo em seguida foi liberado.

Por fim, foram cumpridos um mandado de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva para colher depoimentos de uma pessoa envolvida no uso de vários passaportes e demais documentos falsos para ter acesso a outros países, onde por diversas vezes foi deportado de alguns países e inadmitido em outros em virtude de ser contumaz nessa modalidade criminosa.

Foram identificados ao menos três nomes utilizados pelo investigado, que utilizou documentos diversos para realizar migração para a Europa. Já residiu na Áustria, Portugal e Paris. Existem também quatro boletins de ocorrência por envolvimento com pirâmide financeira nos estados de Sergipe, Acre, Tocantins e Goiás.

No momento das buscas foram apreendidos, talões de cheques, várias carteiras de identidades e de motorista em nome do suspeito, vários celulares, discos rígidos, pen drives, notebooks, além de um veículo S10, vermelha. O suspeito foi autuado em flagrante em virtude de ter se apresentado para os policiais uma identidade com nome falso. Após a autuação foi encaminhado para a audiência de custódia onde foi confirmada a sua prisão preventiva e logo em seguida encaminhado para o Cotel (Centro de Observação e Triagem) Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva nos municípios de Recife, Camaragibe, Paudalho, São Lourenço da Mata e Paulista, com a participação de 40 Policiais Federais, distribuídos em sete equipes referentes a três investigações distintas.

*A Operação Forger recebeu este nome fazendo alusão à modalidade de prática de crimes (Falsificador em inglês).

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.