Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Polícia Federal apura superfaturamento na obra da Arena Pernambuco

Construtora nega irregularidades; o estado ainda não se pronunciou.

Publicado

em

ás

Arena Pernambuco em agosto de 2013 (Foto: Ana Araújo/Portal da Copa)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (14) a operação Fair Play, que apura irregularidades na construção da Arena Pernambuco para a Copa do Mundo de 2014. A obra, estimada em R$ 796 milhões, pode ter sido superfaturada em R$ 42,8 milhões.

“Há uma projeção de superfaturamento [R$ 42,8 milhões], e a constatação com precisão matemática será o segundo passo da investigação”, disse o delegado da PF Felipe Barros Leal, no Recife. Segundo ele, será recolhido material para confirmar a alta no custo da obra e o valor exato.

“A fraude na concorrência internacional já está confirmada”, afirmou Leal. A Odebrecht foi procurada para fazer o projeto do estádio um ano antes de sair a licitação, de acordo com as investigações. Quando o edital saiu, as concorrentes tiveram apenas 45 dias para elaborar uma proposta.

Os policiais estão em várias sedes da construtora, que também é investigada na Operação Lava Jato. São cumpridos 10 mandados de buscas e apreensão em Pernambuco, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal.

A assessoria de imprensa da Odebrecht em Pernambuco confirmou que seis policiais estão dentro do escritório da empresa no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, desde as 8h desta sexta. Ninguém foi levado para prestar depoimento. A empresa nega irregularidades 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.