Nos siga nas redes sociais

Palmares

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra acusado de homicídio, em Palmares

Gleison Gomes do Nascimento tinha um mandado de prisão em aberto.

Publicado

em

ás


Passados oito meses do crime de homicídio que vitimou Dhuanata Julio da Silva, que foi morto a tiros dentro do seu estúdio de tatuagem, em Palmares. Um acusado de participação no crime foi preso na terça-feira (20) por policiais da 70º Delegacia de Polícia de Palmares. O crime ocorreu em dezembro de 2018, no bairro de Santa Luzia.

O mandado de prisão contra Gleison Gomes do Nascimento foi expedido pela Vara Criminal de Palmares. Ele foi encaminhado para a sede do 10º Batalhão da PM e passou por audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (21).

>> Veja também: Tatuador foi assassinado em Santa Luzia ,em Palmares, por ordem da facção GDG , diz suspeito preso

De acordo com o Delegado Marcelo Queiroz que investigou o caso, outro acusado já havia sido preso suspeito de participação no crime. Após o homicídio ele teria voltado até o local do crime para confirmar a morte da vítima.

O paradeiro do criminoso foi localizado após investigações.

O caso

Em dezembro de 2018, dois indivíduos invadiram um estúdio de tatuagem que pertencia à vítima Dhuanata Julio da Silva, no bairro Santa Luzia, em Palmares e efetuaram vários disparos contra o mesmo que veio a óbito no local.


Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.