Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

PMs acusados do assassinato de dois adolescentes vão a julgamento nesta quarta-feira

Os cinco serão julgados pelo pelo 1º Tribunal do Júri

Publicado

em

ás

Os policiais militares Sebastião Antônio Félix, Aldenes Carneiro da Silva, José Marcondi Evangelista, Ulisses Francisco da Silva e Irandi Antônio da Silva serão levados às 9h desta quarta-feira (20) ao banco dos réus, no Forum Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra. Os cinco serão julgados pelo pelo 1º Tribunal do Júri sob a acusação de, no dia 28 de fevereiro de 2006, obrigar 17 adolescentes a irem para debaixo da Ponte Joaquim Cardoso, em Joana Bezerra, e de lá atravessarem o rio a nado, sob ameaça de revólver.

Como não sabiam nadar, Zinael José Souza da Silva (17 anos) e Diogo Rosendo Ferreira (15) morreram afogados. Seus corpos foram encontrados no dia seguinte, no mesmo rio, nas imediações da ponte da Torre. Representando o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o promotor de Justiça André Rabelo atuará na acusação dos cinco acusados. Depoimentos de vítimas e testemunhas, mapeamento das viaturas por GPS e reconhecimento fotográfico dos suspeitos pelas vítimas e testemunhas foram decisivos para a conclusão do processo, a fim de que os mesmos sejam levados a júri popular.

André Rabelo vai sustentar a tese da prática de dois homicídios triplamente qualificados (crime consumado por motivo fútil, requintes de crueldade e sem chance de defesa às vitimas) e onze tentativas de homicídio. Isso porque, dos 17 adolescentes, quatro não foram identificados, dois foram assassinados e onze sobreviveram.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.