Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

PF já registrou 26 agências dos Correios assaltadas;Maraial e Sirinhaém na lista

Investidas nos seis primeiros meses deste ano superam as de janeiro a dezembro de 2015

Publicado

em

ás

agência dos Correios de Sirinhaém onde gerente foi feito refém (Foto: Danilo Cesar/ TV Globo)

A Polícia Federal (PF) investiga uma nova investida contra uma agência dos Correios na Mata Sul. Desta vez, a ação criminosa ocorreu na unidade do município de Maraial e, assim como a de Sirinhaém, no último dia 2 de agosto, foi fruto de uma ação que envolveu o sequestro do gerente do estabelecimento.

O funcionário foi levado da frente de casa, em Quipapá, na mesma região do Estado, e só liberado depois que os bandidos roubaram dinheiro e objetos da agência. O caso foi o 26º em Pernambuco somente em 2016, mais que os 25 de todo o ano 2015, segundo a PF.

O mapa das ocorrências mostra que a ousadia se concentra, sobretudo, no Interior do Estado. Gerentes de agências como as de Cupira, Panelas e Lagoa do Ouro, no Agreste, também ficaram nas mãos de criminosos e foram ameaçados para permitir a entrada nas unidades.

A atuação é quase sempre a mesma: a vítima é abordada em algum lugar fora do ambiente de trabalho após ter a rotina monitorada. Boa parte dos casos, entretanto, foi sem reféns e ocorreu durante a noite, por meio de arrombamentos ou até explosões, como a registrada na agência de Itaíba, em junho.

Em Maraial, o policiamento foi reforçado depois do roubo. Até o fechamento desta edição, nenhum criminoso havia sido localizado. O grupo levou R$ 500 da agência, além de títulos de capitalizações, munições e até um revólver calibre 38. Mesmo durante a fuga, o gerente seguiu nas mãos da quadrilha, só tendo sido liberado no município de Canhotinho, já no Agreste. Não foram repassadas informações sobre seu estado de saúde.

“Diante do ocorrido, reforçamos a segurança por meio de homens do Gati (Grupo de Apoio Tático Itinerante), da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) e do Bepi (Batalhão Especializado de Policiamento do Interior). Mas sabemos da necessidade de um trabalho de investigação para desarticular esses grupos que vêm atuando contra bancos e agências dos Correios, o que vem sendo conduzido pela Polícia Federal e pela Polícia Civil”, afirmou o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Alexandre Menezes. A PF verificará se a unidade possuía câmeras.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.