Nos siga nas redes sociais

Palmares

Palmares:Conselho de Engenharia avalia que barragem de Serro Azul não corre risco de rompimento

Vistoria do Crea-PE ainda verificou necessidade de algumas adequações como sirenes de alerta, rota de fuga da população em situação de risco, monitoramento e projeto de recuperação das áreas degradadas

Publicado

em

ás


O Conselho de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) solicitou ao Governo do Estado informações sobre o monitoramento da barragem de Serro Azul e recomendou adequações de segurança do reservatório. Uma visita técnica da instituição foi feira na última terça-feira (12) e teve o relatório divulgado nesta quarta (13). 

Foi verificado que não há risco de colapso da estrutura no momento, mas ajustes precisam ser feitos em relação aos alertas da população no entorno como colocação de sirenes e rotas de fuga. A vistoria aconteceu depois da enxurrada de relatos da população de que o barramento poderia romper diante de infiltrações.

Em nota o Crea-PE informou que “a barragem de Concreto Compactado a Rolo (CCR) inspecionada não apresenta nenhum sintoma de deslocamentos relativos entre partes da estrutura, esmagamento e esborcinamento (quebra de bordas das juntas) dos concretos entre as juntas e fissuras existentes, que indique problemas estruturais, que possam levar a um colapso”. 

No documento, os técnicos explicam que as fissuras nas paredes da galeria inspecionada têm como causa efeito térmico devido ao acúmulo de calor e à hidratação do cimento e/ou o efeito de retração por secagem e tendem a não evoluir. 


A equipe ainda afirma que apesar de não haver esse risco por hora, o monitoramento deve ser frequente para que “se detecte algum problema de movimentação, antes mesmo que sintomas visíveis venham a surgir e que ações sejam tomadas para que o problema não evolua”. 

O documento destaca ainda que a água da barragem tem um odor muito forte, característico de uma quantidade excessiva de matéria orgânica, e que não foi verificada a existência de sirenes de alerta, rota de fuga da população em situação de risco, monitoramento e projeto de recuperação das áreas degradadas. A assessoria de comunicação do governo estadual afirmou que irá atender todas as sugestões de recomendações do Crea-PE.

O laudo foi divulgado na mesma semana que acontece a abertura das válvulas dispersoras de Serro Azul, marcada para sexta (15). O procedimento, segundo o governo, é ação rotineira para aumentar o volume de espera da barragem para o inverno. Testes de segurança foram realizados previamente. A abertura irá reduzir em dez metros o nível do reservatório, que atualmente está com 44,6% do seu volume. A descarga de água ocorrerá exclusivamente no Rio Una, sem afetar nenhum dos afluentes.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.