Nos siga nas redes sociais

Palmares

Palmares registra mais dois óbitos por Covid-19

Publicado

em

ás

(Foto: Fábio Vieira/)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (25/03), 2.786 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 187 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.599 (93%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 339.022 casos confirmados da doença, sendo 35.156 graves e 303.866 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 288.419 pacientes recuperados da doença. Destes, 20.617 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 267.802 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 46 novos óbitos (22 masculinos e 24 femininos), ocorridos entre os dias 30/04/2020 e 24/03/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (1), Araripina (1), Belo Jardim (1), Camutanga (1), Caruaru (1), Condado (1), Garanhuns (1), Ibimirim (1), Igarassu (2), Ipubi (1), Itapissuma (1), Olinda (8), Palmares (2), Pesqueira (1), Petrolina (8), Recife (10), Salgueiro (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Bento do Una (1), São João (1) e Serra Talhada (1). Com isso, o Estado totaliza 11.853 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 36 e 96 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (4), 50 a 59 (10), 60 a 69 (9), 70 a 79 (11) e 80 ou mais (11). Do total, 33 tinham doenças pré-existentes: diabetes (18), doença cardiovascular (15), hipertensão (11), obesidade (6), câncer (2), doença respiratória (2), tabagismo/histórico de tabagismo (1), doença renal (1) e histórico de AVC (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 27.511 casos foram confirmados e 46.822 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

QUARENTENA – O governador Paulo Câmara anunciou, em um pronunciamento nesta quinta-feira (25.03), que o Estado vai estender a quarentena mais rígida até o próximo dia 31 de março. Com isso, Pernambuco completará 14 dias seguidos de medidas restritivas em todo o território. O governador comunicou ainda que já a partir do dia 1º será colocado em prática um novo plano de convivência com a pandemia da Covid-19, com regras válidas até o dia 25 de abril.

“As atividades econômicas poderão reabrir das 10h às 20h nos dias de semana, e das 9h às 17h aos sábados, domingos e feriados. As praias voltarão a ter atividades físicas individuais permitidas, e a volta às aulas estará liberada a partir do próximo dia 5 de abril, para a rede privada e para o ensino médio da rede estadual”, detalhou Paulo Câmara sobre as novas medidas, esclarecendo também que as celebrações religiosas poderão voltar a acontecer, desde que obedecendo aos protocolos e horários pré-estabelecidos.

Segundo o governador, a flexibilização das restrições não significa que a pandemia foi superada em Pernambuco. “Pelo contrário, temos um caminho longo pela frente até a superação total desse flagelo. Todos já sabemos quais são as atitudes que permitem conviver com a doença. Faça a sua parte, use máscara e oriente as pessoas que estejam relaxando nos cuidados básicos”, advertiu Paulo Câmara, acrescentando que considera o atual momento decisivo na luta contra a doença, que já dura mais de um ano.

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.