Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Padre nega emprego a faxineira e põe culpa em cachorro: ‘Não gosta de negros’

Padre nega emprego a faxineira e põe culpa em cachorro: ‘Não gosta de negros’

Publicado

em

ás


Um caso de racismo vem repercutindo com força na imprensa norte-americana nos últimos dias. O padre Jacek Kowal, da paróquia da Encarnação, no Tennessee, nos Estados Unidos, recusou o trabalho da faxineira LaShundra Allen pelo fato de ela ser negra. Kowal afirmou que o problema não era com ele, mas o cachorro da igreja, que teria um “trauma” com pessoas negras.

“Lamento, não quero ser grosseiro, mas o cão não gosta de negros”, disse o religioso, segundo Emily Weaver, que indicou Allen para ocupar a função de faxineira que era responsável anteriormente.

Kowal afirmou que, quando ele era filhote, o cão pastor alemão Cesar sofreu um trauma com um rapaz que era negro e que, por conta disso, “Cesar fica agitado com estranhos de pele escura”.

Emily e LaShundra decidiram levar o caso para a Justiça. Os advogados argumentam que a faxineira não teve sequer a oportunidade de manter contato com o animal para testar a reação.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.