Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

OMS inclui cidade de São Paulo em área de risco de febre amarela

Atualização da recomendação de vacina leva em conta novos casos da doença

Publicado

em

Considerando o aumento de casos de febre amarela em macacos e humanos no Brasil desde o ano passado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta terça-feira uma alteração na recomendação de cuidados para viajantes com destino ao país. Na atualização, a entidade orienta os turistas estrangeiros com planos de visitar o Estado de São Paulo a se vacinar contra a doença ao menos dez dias antes da viagem.

A alteração passa a considerar como área de risco uma porção do estado que inclui o litoral e a capital paulistana, para os quais não havia recomendação de vacina até então.

Até o surto de febre amarela registrado no ano passdo, a OMS recomendava a vacina para todos os estados do Norte e do Centro-Oeste do Brasil, além de Maranhão e Minas Gerais, além de grandes trechos do estados do Sul, São Paulo, Bahia e Piauí. Com o aumento de casos em 2017, a entidade passou a considerar o Norte do Estado do Rio, o Sul da Bahia e todo o Espírito Santo como área de risco para a febre amarela.

O litoral de São Paulo e uma porção central do estado que incluía a capital paulistana não estavam dentro da área considerada de risco pela OMS. Mas a atualização divulgada nesta terça-feira altera isso. A partir de agora, observando a morte de macacos e os casos confirmados em humanos no território paulista, a OMS determinou que todo o estado deve ser tratado como área de risco. Consequentemente, todos os viajantes com destino a São Paulo devem se vacinar.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Desenvolvido por avanzzada