Brasil
Publicada em 18 de novembro de 2019 às 09:05:41. Atualizada em 18 de novembro de 2019 às 09:05:41.
Jovem é agredida pelo ex após ir a motel tentar reatar a relação
Às autoridades, a vítima das agressões relata que ela e o ex-namorado tentavam se reconciliar, mas acabou sendo agredida pelo rapaz.
Por: Marcos André | Fonte: G1



Uma mulher foi agredida a coronhadas pelo ex-namorado enquanto ambos tentavam reatar o relacionamento em Praia Grande, no litoral de São Paulo. De acordo com as autoridades, a vítima passou a ser ameaçada e agredida pelo rapaz após ambos terem tido uma discussão. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (18).

Conforme apurado o caso aconteceu após o casal passar a noite em um motel da cidade. De acordo com a vítima, que preferiu não se identificar, o rapaz passou a ameaçá-la após ela afirmar que teria enviado mensagens a outra pessoa com quem ele estaria se relacionando.



Às autoridades, ela apontou que o agressor se revoltou, afirmando que daria 'pipocos' no rosto da vítima. No entanto, a jovem disse que o casal conversou, voltando a se acertar, momento em que o rapaz afirmou que passaria na residência onde mora para tomar remédios e, em sequência, a deixaria em casa.

A jovem, que trabalha como auxiliar de cobrança, relata que o casal chegou na casa do rapaz e, enquanto ela falava com a família do ex-namorado, ele entrou no imóvel e voltou com um simulacro de arma de fogo, com o qual voltou a ameaçar a ex-namorada. "Eu nem sabia que ele tinha ou que gostava desse tipo de coisa".

"Tentei tirar da mão dele, e nisso ele me deu a coronhada. Foi depois disso que eu tentei me defender. Tive dores de cabeça e um galo, mas já passou. Ele ainda tentou contato e pediu mil perdões, dizendo que tinha bebido. Espero que ele tinha aprendido a lição e não volte a fazer isso com outras pessoas", conta a vítima.

Além das agressões, a jovem relatou à polícia que o rapaz também tentou enforcá-la. Pouco tempo depois, vizinhos acionaram a PM, os quais atenderam à ocorrência. No local, os policiais orientaram a vítima a realizar o exame de corpo delito e denunciar o agressor criminalmente.

Ambos foram encaminhado à Delegacia de Polícia Sede de Praia Grande, onde o caso foi registrado como violência doméstica, lesão corporal e ameaça. "Apesar de tudo, nos resolvemos, já passou e agora quero distância dele", finaliza a vítima.

Tags: Cotidiano,PortalPE10
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados