Governo Bolsonaro
Publicada em 31 de outubro de 2019 às 07:21:21. Atualizada em 31 de outubro de 2019 às 07:23:28.
Frota diz ter recebido ligação de Bolsonaro após defender prisão de Queiroz 'calar essa matraca'
A conversa teria acontecido no dia 14 de fevereiro deste ano
Por: Marcos André | Fonte: Folha de São Paulo


Resultado de imagem para Frota

Em depoimento na CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News nesta quarta (30), o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) disse ter recebido uma ligação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) momentos após discursar no plenário da Câmara defendendo a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

A conversa teria acontecido no dia 14 de fevereiro deste ano. Na manhã deste dia, Frota subiu ao plenário e disse: “Eu também quero o Queiroz preso, e aí?”. A declaração se deu em meio a críticas a partidos de oposição como PT e PSOL. O deputado concluiu o discurso com a frase: “E vou falar que laranja podre, no PSL, será esmagada.”



Nesta quarta, Frota disse que, logo depois do discurso, recebeu uma ligação do presidente.

O deputado afirmou que decidiu falar sobre Queiroz no plenário após o que qualificou como provocação do líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta. “Ele aponta para o meio do grupo do PSL e fala: quero saber se vocês, depois de todas as notícias sobre o tal do Queiroz, se alguém vai subir e vai pedir a prisão do Queiroz”, contou o parlamentar.

“Subi e pedi a prisão do Queiroz. Meu telefone tocou, era Jair Bolsonaro reclamando que eu teria no plenário pedido a prisão do Queiroz”, prosseguiu Frota, que autorizou a quebra de seu sigilo telefônico para comprovar a existência do diálogo.

O deputado disse que, na sequência, o filho mais velho do presidente, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o abraçou e disse: “papai ficou chateado com você por você ter se expressado dessa maneira aqui no plenário”.

Em outro episódio, afirmou o deputado, Bolsonaro teria puxado Frota pelo braço em um evento e pedido para ele “calar essa matraca”. A cena foi registrada em vídeo, segundo o parlamentar.

Fabrício Queiroz é pivô da investigação que foi conduzida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, sobre lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa no gabinete de Flávio Bolsonaro no período em que ele foi deputado estadual.

Frota também comentou reportagem do Jornal Nacional divulgada na terça (29) com base no depoimento de um porteiro do condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem casa no Rio.

Tags: Politica, Governo, Bolsonaro,
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados