Brasil
Publicada em 15 de julho de 2019 às 15:51:51. Atualizada em 15 de julho de 2019 às 15:51:51.
Presos três suspeitos de enviar de Goiás para Pernambuco e outros Estados do Nordeste cargas milionárias de drogas e armas
Dois deles são irmãos apontados como líderes da organização criminosa. Policiais do Sergipe e de Goiás atuaram na ação.
Por: Marcos André | Fonte: Dia Online


imagem

Uma operação da Polícia Civil de Sergipe (PCSE), com apoio da Polícia Civil de Goiás (PCGO), desmantelou uma linha de fornecedores de organização criminosa armada interestadual, com base em Goiás, que remetia milhões de reais em drogas e armas para Sergipe e outros estados da região Nordeste. De acordo com a PCGO, a organização criminosa era liderada por integrantes remanescentes da Operação Valquíria, presos no ano de 2013, mas que ganharam liberdade e voltaram a reestruturar a grupo criminoso.

Participaram da operação a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), Operações Especiais (GT3) e Grupo de Operações de Inteligência (GOI) da Polícia Civil de Goiás.



Segundo a PCGO, a organização utilizava o estado de Goiás como base e era comandada pelos irmãos sergipanos Aduilson Góis Oliveira, conhecido como “Galego”, e Ademir Góis Oliveira, o “Demir” ou “Galeguinho”. Sob a liderança deles, a quadrilha cometia graves delitos em todo o país, especialmente tráfico de entorpecentes e o comércio ilícito de armas de fogo.

Os irmãos foram presos na cidade de Senador Canedo no início da manhã desta segunda-feira (15/7). Também foi preso Lucivaldo Fernandes da Silva, considerado pela polícia como o operador de logística da organização criminosa no Estado de Goiás.


Presos em Senador Canedo suspeitos de fazer parte de organização criminosa que vendia armas pesadas e drogas â?? Foto: Terciane Fernandes/TV Anhanguera

A polícia conta que o poder de fogo da organização é tão impressionante que uma investigação das Polícias Civil do Maranhão e do Pará prendeu um bando de assaltantes de banco com uma metralhadora antiaérea ponto 50, fornecida pela quadrilha dos irmãos Góis.

No dia 20 de novembro do ano passado, criminosos foram presos em Pernambuco com armamento fornecido pela organização criminosa dos irmãos Góis. Na época, foram apreendidos um fuzil calibre .556, 720 munições, duas pistolas calibre .380, um revólver calibre 38, um equipamento bloqueador de sinal GPS, além de muita droga.

Tags: Cotidiano,Brasil, PortalPE10
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados