Copa do Mundo Feminina da Fifa
Publicada em 02 de julho de 2019 às 19:49:32. Atualizada em 02 de julho de 2019 às 19:49:32.
Com pênalti perdido e presença do VAR, Estados Unidos vencem Inglaterra e garantem vaga na final
Como era de se esperar, o jogo começou muito movimentado em Lyon
Por: Murilo Souza | Fonte: oGol



Americanas na frente

Como era de se esperar, o jogo começou muito movimentado em Lyon. As americanas foram as responsáveis por tomar a iniciativa do confronto nos primeiros minutos. Logo aos três, Lavelle fez bela jogada individual pela direita e bateu para defesa de Telford.



A pressão dos Estados Unidos foi tão grande que não demorou para a bola balançar as redes. Aos nove, Heath avançou pela direita e tocou para Lavelle. A pelota chegou até O'Hara, que cruzou na cabeça de Press, na segunda trave. A substituta de Rapinoe cabeceou firme e inaugurou o marcador da semifinal.

Não deu tempo para comemorar a vantagem no placar. Mead recebeu passe pela esquerda e descolou um cruzamento na medida para White se antecipar à defesa americana e deixar tudo igual.

Com nível alto de competitividade, o duelo seguiu com certo equilíbrio. O time americano mostrava mais repertório e era mais perigoso, enquanto as inglesas buscavam se defender para sair em velocidade. Prevaleceu a estratégia de quem procurou mais o gol. Aos 30, Hora cruzou bonito para Morgan, que cabeceou bonito e recolocou os Estados Unidos em vantagem.

Inglesas perdem pênalti e os Estados Unidos avançam

O segundo tempo começou mais brigado. As chances não surgiram como foi na primeira etapa. Mas, ainda assim, os Estados Unidos tinham o controle da semifinal. A Inglaterra, por sua vez, até tentava mudar de postura e ser mais ofensiva, mas esbarrava na forte marcação adversária.

Além de não construir espaço no campo ofensivo, as inglesas erravam muito na saída de bola. Num desses vacilos, Telford saiu jogando errado e entregou nos pés de Press, que ajeitou o corpo, mas mandou para fora.

As comandadas de Phill Neville até conseguiram chegar ao empate. White recebeu lindo passe de Scott entre a defesa, saiu na cara do gol e tocou na saída de Naeher. No entanto, após análise do VAR, a árbitra brasileira marcou impedimento da atacante inglesa.

O árbitro de vídeo voltou a ter protagonismo pouco tempo depois. Stoker cruzou rasteiro para White, que foi deslocada por Sauerbrunn dentro da área. Após alguns minutos, a tecnologia entrou em ação e o pênalti foi assinalado para a Inglaterra.

Na cobrança, porém, Houghton bateu rasteiro e sem muita força, facilitando a defesa de Naeher, que foi no canto certo e garantiu a vaga na final da Copa do Mundo para as americanas.

A final será disputada no próximo sábado (6), em Lyon, ao meio dia (hora de Brasília). Os EUA enfrentarão as vencedoras da outra semifinal entre Holanda e Suécia, que jogam amanhã, às 16h (hora de Brasília).

Tags: Copa, Mundo, Feminina, Fifa
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados