Palmares
Publicada em 18 de junho de 2019 às 14:03:21. Atualizada em 18 de junho de 2019 às 20:43:37.
Tragédia de 2010: há 9 anos, Palmares vivia sua maior tragédia
Devastada pelas chuvas “Enchente na Mata Sul”,completa 9 anos
Por: Marcos André | Fonte: Texto Paula Cavalcante G1/Caruaru



Para moradores de Palmares, Água Preta,Catende e Barreiros na região Mata Sul pernambucana, pensar no passado significa - em algum momento - trazer à mente cenas vividas a partir do dia 18 de junho de 2010. 

Horas no telhado à espera por ajuda, roupas e móveis sendo levados pela força das águas, morar na casa de amigos e parentes, viver meses em abrigos ou em barracas de lona.



Uma das cenas que ficou na memória de muitos moradores e de quem acompanhou a tragédia foi a da Praça Ismael Gouveia, no Centro da cidade. Parte do espaço cedeu e uma cratera foi formada com a Igreja Presbiteriana o prédio tem mais de 100 anos e se manteve no local até hoje. Uma carreta foi "engolida" pelo buraco quando o Rio Una transbordou. Uma nova praça foi inaugurada em 2012.

Um vídeo elaborado pelo radialista,Edson Silva, produzido pela Rádio Cidade FM, mostra trechos da tragédia que está na memória de muitos que viveram aqueles dias (Veja o vídeo)



Comércio

Nas enchentes de 2010, muitos comerciantes não tiveram tempo para retirar produtos das lojas e perderam tudo. De acordo com a Associação Comercial dos Palmares (ACP), os prejuízos no setor chegaram a quase R$ 250 milhões na época.


Imagem relacionada

Na Avenida José Américo de Miranda, a principal via de entrada da cidade, mais de 100 prédios comercias foram derrubados para a construção da Orla Poeta dos Palmares. 


Resultado de imagem para MINHA CASA MINHA VIDA PERNAMBUCO

Moradia

Após cerca de dois anos da enchente , novos Bairros foram criados como o Bairro Quilombo I,II e III que é localizado em um ponto alto da cidade 

De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal (CEF), 5.171 unidades habitacionais foram entregues nos municípios de Palmares, Catende, e Água Preta.

Os empreendimentos foram contratados pela Operação Reconstrução, em uma parceria realizada entre o banco e o governo do estado de Pernambuco. 



Escolas:

Escolas foram contruidas também em outros locais como é o caso da Escola Fraternidade Palmarense, no Quilombo II, e a Pedro Afonso de Medeiros, no Bairro São José, foi reconstruída no mesmo local onde funcionava antes de ser atingida pelas águas. 

Sobre serviços na área de Saúde, Saúde outra obra na mesma área, mas de âmbito estadual - é a do Hospital Regional Doutora Sílvio Magalhães, finalizada em dezembro de 2011. O antigo prédio foi atingido e hoje está abandonado o novo construído no Quilombo I atende diversas cidades da região Mata Sul e Norte de Alagoas.


Resultado de imagem para barragem de serro azul

Contenção de Enchentes

Para que enchentes como a de 2010 não voltem a ocorrer, medidas de contenção foram anunciadas pelo governo estadual, a exemplo da construção de barragens que não foram totalmente finalizadas. 

A principal delas é a Serro Azul, localizada em Palmares. Com investimentos totais de R$ 500 milhões (considerando obras, serviços complementares e desapropriação), a barragem tem capacidade para armazenar 303 milhões de metros cúbicos de água e um paredão de 65 metros de altura" em 2017 a Barragem foi importante na contenção de água quando  a cidade sofreu uma enchente em pequenas proporções. 

Outras Barragens prometidas pelo governo do estado ainda estão com obras paradas é o caso da Barragem de Panelas, Lagoa dos Gatos e Belém de Maria  


Tags: Palmares,Mata Sul,
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados