Copa América
Publicada em 15 de junho de 2019 às 00:19:39. Atualizada em 15 de junho de 2019 às 00:19:39.
Com o pé direito! Brasil vence a Bolívia na estreia na Copa América
Na estreia na Copa América, na noite desta sexta-feira, no Morumbi, em São Paulo (SP), o Brasil venceu a Bolívia por 3 a 0
Por: Murilo Souza | Fonte: LANCE!

Na estreia na Copa América, na noite desta sexta-feira, no Morumbi, em São Paulo (SP), o Brasil venceu a Bolívia por 3 a 0. Os comandados de Tite fizeram um primeiro tempo ruim, acordando na etapa final, com destaque para Philippe Coutinho, que fez dois dos três gols da Seleção (um sendo de pênalti, marcado após auxílio do VAR). Everton, no fim, coroou a estreia com o pé direito no torneio com um lindo gol. O uso do uniforme branco, comemorativo, acabou dando sorte para o Brasil.

Com o resultado, a Seleção Brasileira assumiu a liderança do Grupo A da Copa América, com três pontos - enquanto a Bolívia fica na lanterna, com zero. Ambas as equipes voltam a campo na terça-feira - enquanto às 18h30 o time boliviano enfrentará o Peru, no Maracanã, o Brasil, às 21h30, duelará contra a Venezuela, na Fonte Nova. Neste sábado, venezuelanos e peruanos se enfrentam no encerramento da primeira rodada do grupo na competição.

SÓ POSSE DE BOLA...



Pode ter sido o famoso nervoso de estreia, mas o primeiro tempo do Brasil não foi bom. Os comandados de Tite tiveram nos 45 minutos iniciais 73% de posse de bola, mas não foram efetivos em gol. Faltava tranquilidade na hora de finalizar - o que ocorreu muitas vezes. As - poucas - boas chances de gol na primeira parte da partida ficaram para Roberto Firmino, aos quatro, que fez o goleiro Lampe defender no reflexo, e aos 27, quando Richarlison ficou com a sobra e tirou tinta da trave.

VAR FAZ BRASIL ACORDAR

Na volta para o segundo tempo, o ânimo do Brasil se mostrou melhor - tudo indica que a conversa dos jogadores com Tite no vestiário, durante o intervalo, fez a Seleção se concentrar e ficar mais tranquila. Faltava apenas um estímulo para o Brasil acordar, o que apareceu no minuto inicial - Adrián Jusino tocou a bola com a mão, dentro da área, e depois de consulta ao VAR, corretamente, o árbitro Nestor Pitana assinalou o pênalti. Aos quatro, Philippe Coutinho cobrou e converteu, 1 a 0.

DESLANCHOU!

Depois de ter feito o primeiro gol, o Brasil deslanchou no jogo. Em cima, os jogadores brasileiros não recuaram. Aproveitando uma Bolívia assustada após sofrer o gol de pênalti, a Seleção não demorou para ampliar o marcador, chegando ao 2 a 0. Após espetacular assistência de Firmino, Philippe Coutinho, aos sete minutos, testou para o gol e correu para o abraço. Importante marca da cria da base do Vasco, que novamente fez os primeiros gols do Brasil em torneios oficiais (vide Copa do Mundo de 2018 e a edição de 2016 da Copa América).

PARA COROAR!

O Brasil foi administrando depois de ter feito o 2 a 0 no placar, já que a Bolívia não levava perigo ao goleiro Alisson, que quase não foi exigido nesta estreia na Copa América. Mas ainda deu tempo de a Seleção chegar ao terceiro gol para coroar o segundo tempo bem melhor do que tinha sido a etapa inicial. Aos 39 minutos, Everton recebeu, foi levando até o meio e mandou no canto do goleiro boliviano, lindo gol. Vitória consolidada, merecida e com expectativa para evolução ao longo da competição na busca por mais um caneco.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 3 X 0 BOLÍVIA

Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/hora: 14/6/2019 - 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Nestor Pitana (ARG) - Nota LANCE!: 7,0 (acertou no controle do jogo, marcando corretamente pênalti para o Brasil com o auxílio do vídeo)

Assistentes: Hernán Maidana e Juan P. Belatti (ambos da ARG)

Árbitro de vídeo: Patrício Loustau (ARG)

Público/renda: 46.342 pagantes/R$ 22.476.630,00

Cartões amarelos: Philippe Coutinho (BRA) e Fernando Saucedo (BOL)

Cartão vermelho: -

GOLS: Philippe Coutinho 4'/2ºT (1-0), Philippe Coutinho 7'/2ºT (2-0) e Everton 39'/2ºT (3-0)

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; David Neres (Everton 35'/2ºT), Richarlison (Willian 37'/2ºT) e Roberto Firmino (Gabriel Jesus 19'/2ºT). Técnico: Tite.

BOLÍVIA: Carlos Lampe, Diego Bejarano, Luis Haquin, Adrián Jusino e Marvin Bejarano; Leonel Justiniano, Fernando Saucedo (Wayar 13'/2ºT), Raúl Castro (Ramiro Vaca 29'/2ºT) e Erwin Saavedra (Vaca 18'/2ºT); Alejandro Chumacero e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Tags: Copa, América
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados