Governo Bolsonaro
Publicada em 10 de janeiro de 2019 às 07:22:43. Atualizada em 10 de janeiro de 2019 às 07:22:43.
Bolsonaro determina que Polícia Federal aumente segurança de Sergio Moro
Bolsonaro determina que Polícia Federal aumente segurança de Sergio Moro
Por: Redação PortalPE10 | | Fonte: G1



A Polícia Federal vai reforçar a segurança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e da família dele. A determinação foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada, nesta terça-feira (8), em uma edição extra do Diário Oficial da União.

“Diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”, diz o despacho.



Quando atuava como juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, e era responsável pelas ações da Lava Jato em primeira instância, Moro passou a ter segurança da Polícia Federal após ser alvo de ameaças na redes sociais.

Durante a campanha eleitoral, em algumas declarações, Bolsonaro justificou a ausência em debates ao se comparar com Sergio Moro, dizendo que o juiz tinha se tornado prisioneiro depois de mandar prender nomes importantes na Lava Jato.A Polícia Federal vai reforçar a segurança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e da família dele. A determinação foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada, nesta terça-feira (8), em uma edição extra do Diário Oficial da União.

“Diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”, diz o despacho.

Quando atuava como juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, e era responsável pelas ações da Lava Jato em primeira instância, Moro passou a ter segurança da Polícia Federal após ser alvo de ameaças na redes sociais.

Durante a campanha eleitoral, em algumas declarações, Bolsonaro justificou a ausência em debates ao se comparar com Sergio Moro, dizendo que o juiz tinha se tornado prisioneiro depois de mandar prender nomes importantes na Lava Jato.

Tags: Política, Brasil, Eleição, 2018
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2019 © Copyright. Todos os Direitos Reservados