Eleições
Publicada em 07 de agosto de 2018 às 07:30:35. Atualizada em 08 de agosto de 2018 às 05:43:59.
Eleição presidencial terá o maior número de candidatos em 29 anos
Durante este período, somente o PT e o PSDB disputaram todos os os pleitos com candidaturas próprias.
Por: Redação PortalPE10 | | Fonte: Varela Notícias


Após a realização das convenções partidárias foram confirmadas 13 candidaturas à Presidência da República, este é maior número em 29 anos de eleições no brasil. Durante este período, somente o PT e o PSDB disputaram todos os os pleitos com candidaturas próprias. Somente em 1989, o número de candidatos foi superior a esta eleição, com 22 concorrentes.

O MDB (antigo MDB) não tinha candidato próprio há quatro eleições presidenciais. Foi no de 1994, quando Orestes Quércia ficou em quarto lugar. Desde então o partido buscou apoiar legendas como PSDB e PT. O MDB confirmou, no dia 2 de agosto, o nome de Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda, como candidato à Presidência da República. O partido informou que Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul, será o vice na chapa.



Em convenção nacional realizada na capital federal, o PSDB confirmou, no último sábado (4), a candidatura do presidente do partido e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à Presidência da República nas eleições de outubro. O  PT escolheu, por aclamação, no dia 4 de agosto, o nome de Luiz Inácio Lula da Silva para ser o candidato à Presidência da República e de Fernando Haddad como vice.

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores SemTeto (MTST), Guilherme Boulos, foi lançado, no dia 21 de julho, como candidato à Presidência da República pelo PSOL. João Dionisio Amoêdo foi oficializado candidato à Presidência da República pelo Partido Novo durante convenção na capital paulista, no dia 4 de agosto.

O senador Álvaro Dias foi escolhido pelos convencionais do Podemos para ser candidato à Presidência da República. Já a convenção nacional do Patriota oficializou a candidatura do deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo. O PDT confirmou, no dia 20 de julho, a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, na convenção nacional que reuniu filiados do partido. A chapa é composta com a senadora Kátia Abreu (PDT-TO).

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, foi confirmado, no dia 22 de julho, como o candidato à Presidência da República nas eleições deste ano pelo PSL. O vice é o general Hamilton Mourão, do PRTB. O Rede confirmou o nome Marina Silva como candidata da sigla à Presidência da República. O candidato à vice na chapa, o médico sanitarista, Eduardo Jorge, do Partido Verde (PV),

O PPL lançou, no dia 5 de agosto, João Goulart Filho como candidato à Presidência da República. Ele é filho do ex-presidente João Goulart, o Jango, que teve mandato presidencial, de 1961 a 1964, interrompido pela golpe militar. É a primeira vez que João Goulart Filho concorre ao cargo.

O partido Democracia Cristã (DC) confirmou, no dia 28 de julho, durante convenção na capital paulista, a candidatura de José Maria Eymael à Presidência da República, nas eleições de outubro, e do pastor da Assembleia de Deus Helvio Costa como vice-presidente.

Em convenção nacional, o PSTU oficializou, no dia 20 de julho, a candidatura de Vera Lúcia à Presidência da República e de Hertz Dias como vice na chapa.

Tags: Política, Eleições, Brasil, 2018, Voto, Urna
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2018 © Copyright. Todos os Direitos Reservados