Eleições 2014
Menos conhecido entre os principais candidatos, Eduardo Campos é o que mais viaja
O ex-governador de Pernambuco viajou 32 vezes no mês passado
Publicada em 08 de junho de 2014 às 23:07:28.
Por: Marcelo Passos

Menos conhecido entre os três principais pré-candidatos à Presidência e em terceiro lugar nas pesquisas, Eduardo Campos (PSB) saiu na frente na maratona de viagens pelo país em maio.

O ex-governador de Pernambuco viajou 32 vezes no mês passado. A presidente Dilma Rousseff (PT) fez 21 viagens, e o senador Aécio Neves (PSDB), 19.

Campos também foi a mais cidades: 22, ante 18 de Dilma e 14 de Aécio. Já a petista distribuiu seu roteiro em mais Estados: nove, ante oito de Aécio e sete de Campos.O levantamento, baseado nas agendas públicas dos pré-candidatos, não inclui compromissos em Brasília.



Desde que deixou o governo de Pernambuco, em 4 de abril, o pré-candidato do PSB percorre o país para se tornar mais conhecido dos eleitores

Segundo o Datafolha, Campos não é conhecido por 41% dos entrevistados, ante 22% de Aécio e 1% de Dilma. E também está atrás em intenções de votos: é o preferido de 7% dos entrevistados, ante 34% de Dilma e 19% de Aécio.

A estratégia do PSB foi ampliar a exposição de Campos no Sudeste, onde tem o pior resultado nas pesquisas (4%), e no Nordeste, onde avalia ter mais chances de crescer. Em maio, só duas das 32 viagens de Campos foram para fora dessas regiões -que concentram 69% dos eleitores.

Sudeste e Nordeste também foram as regiões mais visitadas por Dilma e Aécio. Os três presidenciáveis ignoraram o Norte em maio e tiveram presença pouco expressiva no Sul e no Centro-Oeste.

Vice na chapa do PSB, a ex-senadora Marina Silva deverá, a partir de agora, viajar com mais frequência ao lado do pernambucano. Eles vão aparecer juntos em Brasília e Belo Horizonte (onde Marina foi a candidata mais votada em 2010), além de Recife, Fortaleza, Rio e Manaus, onde ela ficou em segundo.

Vice-presidente do PT, o deputado José Guimarães (CE) diz que as viagens de Dilma não integram uma agenda de pré-campanha, mas são motivadas por compromissos de governo e devem ser intensificadas, já que a lei veda a ida de candidatos a inaugurações a partir do dia 5 de julho.

 

Segundo o senador Cássio Cunha Lima (PB), vice-presidente do PSDB, Aécio viaja menos porque "tem a obrigação de estar [no Senado]. A atribuição dele como senador o impede de viajar com maior intensidade". (Folha de São Paulo)


Whatsapp PortalPE10 9 9974-3875 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você
Tags: Politica,Eleições 2014,
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2020 © Copyright. Todos os Direitos Reservados