Acidente
Após perder a perna banhista mordido por tubarão corre risco de ter a mão amputada
Médicos devem decidir sobre amputação nesta sexta (20).
Publicada em 20 de abril de 2018 às 15:57:53.
Por: Redação PortalPE10 | | Fonte: G1


Foto: Reprodução

O banhista potiguar Pablo Diego Inácio de Melo, de 34 anos, que foi mordido por um tubarão na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no dia 15 de abril, corre risco de precisar ter a mão direita amputada, segundo os médicos. De acordo com o Hospital da Restauração, a equipe de cirurgia vascular deve decidir nesta sexta-feira (20) se realiza o procedimento.

A constatação da possibilidade da amputação foi feita pela equipe médica do hospital após o paciente ter sido submetido a um exame de doppler, um tipo de ultrassonagrafia que foi utilizada para verificar se o enxerto realizado na mão direita iria funcionar.



Pablo também já amputou a perna direita, no domingo (15), em uma cirurgia com duração de quatro horas. Ainda segundo a unidade hospitalar, o quadro clínico do paciente não foi alterado. Ele está consciente, falando e sem febre. Todos os sedativos já foram retirados.

Entenda o caso

Potiguar mordido por tubarão em praia no Grande Recife está internado no Hospital da Restauração, na área central do Recife (Foto: Reprodução/TV Globo)

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o chamado para socorrer Pablo Diego foi feito às 14h38. O incidente aconteceu na altura da Igrejinha de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

Na vítima, havia ferimentos nos dois braços e na perna direita. Depois dos primeiros socorros feitos por duas equipes de bombeiros, Pablo foi levado de helicóptero ao Hospital da Restauração.

Segundo o oficial de operações do Grupamento Marítimo (GBmar) que participou do atendimento, capitão Arthur Leone, o homem estava numa área sinalizada por placas, com água na altura da cintura, quando foi mordido. Depois de uma cirurgia de quatro horas no domingo (15), ele teve a perna direita amputada.

Na manhã da segunda (16), os médicos haviam afirmado que o estado de Pablo era gravíssimo e que havia risco de morte. Mais cedo, um amigo de Pablo Diego havia dito que o potiguar conhecia os riscos de nadar no local onde ocorreu o incidente.


Whatsapp PortalPE10 9 9974-3875 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você
Tags: Banhista, Ataque, Recife, Pernambuco, Tubarão
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2020 © Copyright. Todos os Direitos Reservados