Copa do Brasil
Publicada em 12 de abril de 2018 às 00:10:42. Atualizada em 12 de abril de 2018 às 00:10:42.
Ponte Preta, com autoridade, passa pelo Náutico na Copa do Brasil
Desconcertado em campo, o Náutico seguia errando passes e deixando as coisas ainda mais a mercê dos campineiros
Por: Enzo Gabriel | | Fonte: LANCE!


26 minutos. Foi esse tempo que a Ponte Preta, recebendo o Náutico em Campinas pela Copa do Brasil, precisou para criar uma confortável vantagem de 3 a 0 e se colocar muito bem na eliminatória válida pela quarta fase do torneio.

A troca de passes da Macaca, desde o início, foi envolvendo o sistema defensivo dos pernambucanos principalmente com as infiltrações pelo lado direito do ataque ponte-pretano usando a velocidade e habilidade de Felipe Saraiva. E foi dessa forma que o primeiro gol do jogo saiu.



Após cruzamento cortado pela zaga do Timbu, o atacante Orinho arriscou de pé direito e acertou um belo chute cruzado, no canto do goleiro Bruno, aos 16 minutos.

Mantendo a pegada, o segundo gol da Ponte não demorou muito tempo a sair. Aos 20, Felipe Saraiva dominou a bola proveniente de lançamento feito por Orinho e, já dentro da grande área, fintou o zagueiro do Náutico, o goleiro e tocou para as redes marcando um golaço.

Desconcertado em campo, o Náutico seguia errando passes e deixando as coisas ainda mais a mercê dos campineiros. Aos 26 minutos, o centroavante Junior Santos dividiu com os zagueiros Camacho e Bruno Camutanga, ganhou a jogada e teve categoria para bater de chapa por baixo de Bruno.

Tanto na parte final do primeiro tempo como nos primeiros minutos do segundo, o time visitante foi ganhando corpo e se aproveitando também de uma “redução de ritmo” por parte dos anfitriões para, pelo menos, conseguir conter o ímpeto ponte-pretano. Mesmo depois de, aos quatro minutos, o zagueiro Jobson ser expulso por uma cotovelada em Lucas Mineiro.

Entretanto, essa melhora não foi suficiente para ser traduzida em gols, situação que manteve o placar dos primeiros minutos para o embate da volta, na próxima semana, na Arena Pernambuco.

Espaço para a conscientização

Antes da partida, a Ponte Preta promoveu uma campanha chamada de #ACULPANÃOÉDOSMACACOS. Além de fazer alusão ao mascote do clube ser a Macaca, o adendo fica para o fato de que vários animais foram mortos no momento em que o surto de Febre Amarela se tornou latente no estado de São Paulo.

Além de tentar mostrar que essa espécie é tão vítima da doença quanto os seres humanos, o clube promoveu uma campanha de vacinação que você pode ver na galeria a seguir.

Tags:
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.
2018 © Copyright. Todos os Direitos Reservados